×

COPA AMÉRICA | Contra a Copa América no Brasil, não podemos deixar a Globo desmobilizar manifestações!

A Globo e a grande mídia burguesa mostraram de forma escandalosa de que lado estão ao esconder completamente os atos do dia 29M, com certeza não é do lado dos trabalhadores. Porém, se colocou contra Bolsonaro através do tema da Copa América depois do tema viralizar na internet e canais de futebol. A mesma mídia que foi a favor do golpe de 2016, no qual Bolsonaro é fruto direto, frente a gestão negacionista de Bolsonaro-Mourão na pandemia, que ceifou a vida de milhares, tenta sair ilesa. Não podemos deixar que ela dite ou desmobilize as manifestações.

Luiza EineckEstudante de Serviço Social na UnB

quarta-feira 2 de junho | Edição do dia

O silêncio da mídia burguesa frente ao 29M reafirma a força dos trabalhadores e da juventude que pode derrotar Bolsonaro, Mourão, militares e golpistas. A Globo, Estadão, CNN, a grande mídia no geral escondeu de forma escandalosa as manifestações do 29M. As capas dos grandes jornais sem citar as manifestações ou com pequenas letras vergonhosas em algum canto, foi o viral de domingo. Claramente, mostra como a Globo e as mídias possuem um limite bastante conveniente para “se opor” a Bolsonaro.

Segunda, 31, veio à tona a notícia da sede da Copa América 2021 ser o Brasil por um tweet da Conmebol agradecendo a Bolsonaro e a CBF por “abrirem as portas do Brasil”. A notícia revoltou várias pessoas e foi tema de memes na internet. A revolta também se deu nos canais de esporte, especialmente no SportV (da Globo). Em meio a essa situação calamitosa no Brasil, com mais de 460 mil mortos por Covid, a decisão de Bolsonaro, Mourão e companhia é uma provocação que mostra bastante a prioridade deles: o lucro acima da vida.

Frente a linha escandalosa da grande mídia em relação aos atos do 29M, a Globo se colocou na segunda contra Bolsonaro pela via da Copa América, aproveitando disso para mudar sua linha editorial em relação aos atos do 29M. O Jornal Nacional acabou por mostrar rápidas gravações das manifestações de sábado no programa e um trecho que chega a ser cômico de William Bonner elogiando os manifestantes por usarem máscara.

É absurdo como a grande mídia burguesa mostra, de forma escancarada, que está à serviço do capital, um verdadeiro veículo de manipulação da opinião pública. Não podemos esquecer como foi na greve do metrô de SP no dia 19 de maio, onde fez um grande esforço para colocar a população contra os metroviários em luta. Quando convém a sua imagem se colocam contra quem precisar. Mas nós não esquecemos que a Globo foi a favor do golpe de 2016, no qual Bolsonaro é fruto direto, e que fortaleceu alas do regime que só aproveitam para atacar os trabalhadores ainda mais. Agora, frente a gestão negacionista de Bolsonaro-Mourão na pandemia, que ceifou mais de 460 mil vidas, ela precisa tentar sair ilesa.

Leia mais: Isso a Globo não mostra: população aplaude metroviários em greve

Mas uma coisa é certa, sempre estão contra os trabalhadores. Por isso, não podemos deixar que a mídia golpista desmobilize nossa luta nas ruas e coloque holofotes para saídas por dentro do regime como é com o teatro da CPI, que tem como heróis Renan Calheiros e Omar Azis, ou joguem as fichas em um impeachment que colocaria Mourão no poder. Muito menos que façam propaganda por um #FicaEmCasa que na realidade não existe, pois os trabalhadores nunca pararam de ter que ir trabalhar e se expor ao vírus, e que serve para conter os ânimos das massas.

Leia também: Fora Bolsonaro, mas o general Mourão fica?

Os únicos que podem dar uma resposta decidida e consciente para a crise são os trabalhadores organizados de forma independente ao lado da juventude e dos mais oprimidos em luta nas ruas! Os atos do 29M foram um ponto de inflexão na subjetividade dos trabalhadores, e a burguesia e sua mídia morrem de medo. É nesse marco, que precisamos batalhar para que as mobilizações que ocorreram no dia 29 sejam massificadas e que sigam. Por isso, é extremamente necessário que os sindicatos convoquem uma paralisação nacional dos trabalhadores para potencializar e fortalecer a nossa luta, batalhando pela organização dos trabalhadores com uma política de independência de classe, ao contrário do que insiste em fazer o PT e o Lula, e que infelizmente parte da esquerda continua cometendo esses mesmos erros; e sem nenhuma confiança na Globo, STF e no Congresso Nacional, golpistas de plantão.

Só assim, para conseguirmos barrar todos os ataques aos trabalhadores e juventude e apresentar uma saída para que sejam os capitalistas que paguem pela crise, contra Bolsonaro, Mourão, os militares e golpistas!

Leia o Editorial do MRT e Esquerda Diário: 5 pontos para potencializar a mobilização com a força do 29M




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias