×

Rio de Janeiro | Passagens em Niterói-RJ sobem para R$4,45, enquanto prefeito nega direito de servidores

A prefeitura de Axel Grael(PDT), anunciou um aumento de 40 centavos nas passagens de ônibus para a cidade. No mesmo período, a tarifa do pedágio aumentou além da barca, serviço essencial para o município, que este ano aumentou para R$7,70.

sexta-feira 29 de julho | Edição do dia

Uma das cidades com maior IDH do país, mas também lar dos maiores índices de desigualdade, Niterói, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro, pela gestão da prefeitura do PDT, aumentou as passagens de ônibus municipais, que passam agora de R$4,05 para R$4,45. Isso no mesmo período em que a prefeitura nega o direito ao reajuste e uma condição de trabalho digna para servidores e professores municipais.

Além do aumento do preço das barcas e do pedágio, junto com a inflação, a população trabalhadora fluminense vem pagando pela crise que foi criada pelos capitalistas e que aumentam seus preços para garantir o lucro.

Há 2(dois) anos sem reajuste, os professores e servidores reclamam seu direito à um reajuste de acordo com a inflação e ao Piso Nacional da Educação e não os 8% aprovados pela prefeitura. Mais um aumento de preços é mais uma demonstração que os empresários e os governos, fazem com que sejam os trabalhadores, estudantes e a população pobre seja a que tenha que pagar com a crise.

Editorial MRT | Contra o golpismo de Bolsonaro e as reformas: manifestações e greves sem banqueiros e empresários

O MRT(Movimento Revolucionário de Trabalhadores), declarou todo seu apoio à luta dos servidores e professores de Niterói e levantou a necessidade de barrar esse reajuste insuficiente e o aumento das passagens nas ruas, unificando a luta contra o governo e os empresários.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias