Sociedade

MEIO AMBIENTE

Para ministro do turismo de Bolsonaro, quem diz se o meio ambiente é preservado é turista

O ministro do Turismo, Gilson Machado, deu declarações absurdas em que afirma que a preservação do meio ambiente está nas mãos de turistas, plataformas e proprietários de imóveis em áreas turísticas, evidenciando o descaso do governo que só favorece o lucro de quem explora o meio ambiente.

terça-feira 12 de janeiro| Edição do dia

O ministro do Turismo, Gilson Machado. afirmou, em entrevista ao SBT no domingo 10, que “não tem dúvida” de que o meio ambiente brasileiro é preservado já que o turista pode reclamar nas plataformas de reservas de pacotes turísticos.

"Se o turista for mergulhar e não ver o coral, não ver o peixe ele diz, não volte, porque não tem meio ambiente preservado", afirma o ministro com uma naturalidade absurda de um governo que joga nas mãos da iniciativa privada a responsabilidade pela preservação do meio ambiente.

“Nós hoje temos um aliado chamado os motores de reserva – Booking, Expedia, TripAdvisor. Esses motores de reserva, é que vão julgar – quem vai julgar se o meio ambiente tá preservado é o próprio turista”.

Com tal declaração, o ministro não apenas nega o papel do Estado no controle da fiscalização ambiental, como coloca como "solução" a boa vontade da iniciativa privada que lucra com as belezas naturais do país, mas não hesita em fazer obras ilegais, restringir acesso da população ou mesmo destruir áreas preservadas em nome de exclusividade e lucro.

Tentando justificar sua euforia por ver o fluxo de turistas voltando a crescer nas praias, o ministro esbanja o negacionismo típico do governo Bolsonaro, desdenhando dos riscos da pandemia. “As praias estão lotadas numa época de verão, numa época que você vê o pessoal tomando banho de mar, com água salgada, e ao meu ver… eu não sou médico – já tem protocolo de segurança, os governos estaduais e municipais estão fiscalizando.

Pode te interessar: Governo Bolsonaro afrouxa fiscalização ambiental novamente para favorecer comercio externo




Tópicos relacionados

Ministério do Turismo   /    Bolsonaro   /    Queimadas   /    Ministério do Meio Ambiente   /    Sociedade   /    Meio Ambiente

Comentários

Comentar