×
Rede Internacional

Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia na próxima semana

Pasta do governo Bolsonaro vê cenário caótico para a próxima semana, ao mesmo tempo em que presidente faz piada e ridiculariza com quem teme o vírus “compre vacina com tua mãe” afirmou.

Samyr RangelRio de Janeiro

sexta-feira 5 de março | Edição do dia

Imagem: Adão de Souza-PBH

O pior momento enfrentado pelos brasileiros na pandemia do coronavírus está ocorrendo nesta semana, a primeira do mês de março, com um aumento de 30% da média móvel de mortes.

Este cenário tende a piorar, é o que prevê o cenário desenhado pelo Ministério da Saúde, é o que afirma jornal. A pasta do negacionista e genocida Bolsonaro prevê 3 mil mortes diárias na próxima semana, o que se desenharia num cenário de colapso geral no país.

Enquanto finge se preocupar com a saúde da população, como está falsa nota do Ministério, o mandatário da república, Jair Bolsonaro, segue destilando seu discurso de aberração chamando as pessoas que o questionam sobre as vacinas de “idiotas” e afirmando que “comprem as vacinas na casa da sua mãe”(tsc).

Uma solução efetiva a este cenário caótico

Como colocou Thiago Flamé, em sua coluna de quarta-feira aqui no Esquerda Diário, uma medida efetiva para conter o avanço do coronavírus e suas novas cepas mais letais passa pela combinação de testagem massiva e incansável para identificar as rotas do vírus, aliado a quarentena estrita para os infectados e para quem entrou em contato com o vírus, colocando quartos da rede hoteleira a disposição do sistema de saúde, pois sabemos que nas condições de moradia nas periferias das grandes cidades é impossível “se isolar” se fechando em casa.

Também passa pela contratação emergencial de pessoal da saúde e reconversão da indústria para a produção de testes, respiradouros e outros insumos vitais para o combate à pandemia.

Leia a coluna completa de Thiago Flamé aqui.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias