×

Garis em luta | Em novo ato, Garis tomam as ruas do Rio contra as demissões políticas de Paes e Comlurb

Em ato que reuniu centenas de trabalhadores na principal avenida do Centro do Rio de Janeiro, os Garis da Comlurb dizem basta de demissões políticas orquestradas pela chefia da Comlurb e de Eduardo Paes, inimigo dos trabalhadores.

quinta-feira 28 de outubro | Edição do dia

Algumas centenas de trabalhadores da Comlurb, a Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro, se reuniram hoje em ato no centro da Cidade. Os trabalhadores se reuniram em frente à Estação Central do Brasil e partiram em direção à Prefeitura da Cidade, na Cidade Nova.

Os garis entoavam cantos que relembravam as músicas da greve de 2014, como“O Gari acordou” e “não é mole não, se não mudar o plano vai ficar lixo no chão”.

Os trabalhadores já vem numa série de manifestações contra a mudança no plano de saúde, sem consulta aos trabalhadores, feita por Eduardo Paes em conjunto com os diretores da empresa. Após o último ato, dois trabalhadores que eram lideranças do movimento foram demitidos em clara perseguição política, de forma extremamente arbitrária. Essa situação passou a ser uma das pautas principais dos trabalhadores, que dizem Basta de demissões políticas!

Nós do Esquerda Diário, construído pelo MRT(Movimento Revolucionário de Trabalhadores) e a Juventude Faísca, estivemos presentes em todos estes atos e nos somamos a mais este e impulsionamos uma campanha de solidariedade por cartazes e fotos que exibimos aqui.

É importante que todas as correntes que se reivindiquem socialista se unifiquem na luta dos trabalhadores da Comlurb e que nenhuma luta neste país aconteça sem a unidade das fileiras dos trabalhadores.

Confira a fala de Luisa Santos, da Juventude Faísca e do Centro Acadêmico de Serviço Social da UERJ:

Confira também a fala de Carolina Cacau, do MRT e Quilombo Vermelho:

Abaixo confira algumas fotos e vídeos da manifestação:

Veja a cobertura ao vivo do ato caminhando até a prefeitura:

Leia também: Perseguições na Comlurb: empresa demite e suspende trabalhadores usando acusações falsas




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias