Sociedade

VACINAÇÃO

Com 3.271 mortes em 24h, Bolsonaro e governadores não vacinaram nem 6% da população ainda

No Brasil que registra recorde de mortes em 24h e cujo presidente faz um pronunciamento mentindo sobre a vacinação, apenas 6,04% da população recebeu ao menos uma dose da vacina, mas nem a metade recebeu a segunda dose.

quarta-feira 24 de março| Edição do dia

Foto: Reuters/Michael Weber/Imago Imagens/Direitos reservados

Segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa e divulgados na noite de terça, no mesmo dia em que o Brasil bateu um novo recorde de mortes em 24 horas (3.251 vidas perdidas pela covid-19), a quantidade de pessoas vacinadas contra a covid-19 com ao menos uma dose no Brasil nesta terça-feira, 23, chegou a apenas 12.793 737. O número representa 6,04% da população total do país.

Entre os 12,7 milhões, 4.334.905 receberam a segunda dose da vacina - 2,05% da população.

Pode te interessar: Sob negligência de Bolsonaro e governadores, 13 Estados podem ficar sem oxigênio

O Amazonas tem mais doses aplicadas em números proporcionais à população: 9,59% com ao menos a primeira dose. A menor porcentagem é a do Pará, com 3,56% da população. Em números absolutos, São Paulo vacinou 3,67 milhões de pessoas, seguido por Minas e Bahia, com 1 milhão de vacinados.

Recomendado: Bolsonaro mente, não há vacinas nem para seu negacionismo nem para cumplicidade do regime




Tópicos relacionados

Pronunciamento de Bolsonaro   /    Governadores   /    Vacina contra a covid-19   /    Vacina   /    Dia D de vacinação   /    Vacinação   /    COVID-19   /    Jair Bolsonaro   /    Sociedade

Comentários

Comentar