×

Voto impresso | Bolsonaro reconhece que voto impresso pode ser derrotado em plenário

Após a derrota do voto impresso na Comissão Especial da Câmara e a levada do texto para votação no plenário, Bolsonaro afirma que o voto impresso pode ser derrotado “caso não haja negociação e acordo”.

segunda-feira 9 de agosto | Edição do dia

Imagem: Alan Santos / PR

A votação na Câmara do voto impresso na última semana foi derrotada, com 329 parlamentares contra e 86 a favor. Arthur Lira afirmou, ainda, que pode levar o texto para votação no plenário.

Após o resultado, Lira afirmou em entrevista à rádio CBN que Bolsonaro garantiu que respeitará o resultado. O presidente da Câmara acredita, ainda, que se for confirmada a rejeição da proposta, a situação não poderá continuar como está e que o TSE e o STF terão que fazer algumas concessões.

Ao mesmo tempo, os ataques infundados de Bolsonaro contra o voto eletrônico são investigados pelo TSE e pelo STF enquanto o mesmo faz ameaças autoritárias contra o processo eleitoral e o judiciário.

Também aproveitava para atacar o Presidente do STF, Roberto Barroso, dizendo que ele teria "apavorado" os parlamentares do Congresso, inquirindo-os a não votarem favoravelmente ao projeto.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias