ATO CONTRA O RACISMO

Ato em Natal contra assassinato de João Alberto reúne centenas

Ato ocorreu no fim da tarde no Carrefour da Zona Sul.

sábado 21 de novembro| Edição do dia

Neste sábado foi a vez de Natal se juntar as cidades com atos contra o assassinato racista de João Alberto por um segurança do Carrefour e um PM em Porto Alegre. O assassinato ocorreu 1 dia antes do Dia da Consciência Negra e suscitou a revolta em amplos setores.

O assassinato de João é mais um dos crimes racistas cometidos pelo Carrefour. No ano passado, em um caso similar um segurança do mercado matou um jovem negro com um mata leão.

O ato ocorreu no Carrefour da Zona Sul da Cidade e obrigou o mercado a fechar as portas. Depois, fecharam o BR-101:

A juventude Faísca esteve presente no ato:

Essas manifestações, que passam a tomar o Brasil, são um quadro exato de que precisamos lutar contra o racismo estrutural e entender que sua correlação com o capitalismo faz parte de uma totalidade.

É preciso lutar por justiça e enfrentar o bolsonarismo racista, Mourão, que diz que “não existe racismo no Brasil”, e toda a corja golpista como Dória, que faz demagogia, mas é defensor de uma política policial contra os negros e trabalhadores. Os atos antirracistas do país demonstraram reação ao crime bárbaro que tirou a vida de João Alberto.

Veja também as fotos do ato:




Tópicos relacionados

Racismo Estrutural   /    Natal   /    Racismo   /    Racismo   /    [email protected]

Comentários

Comentar