×

Pandemia | Variante Ômicron já é responsável por 98,7% dos casos de Covid-19 no Brasil

Os casos de Covid-19 em São Paulo mostram que a variante Ômicron já é responsável pela maioria dos casos confirmados.

quarta-feira 12 de janeiro | Edição do dia

Foto: Pixabay

A nova pesquisa feita pelo Instituto Todos pela Saúde, em parceria com outros dois laboratorios particulares, constatou que a variante ômicron representa 98,7% dos contaminados por covid-19. O levantamento analisou 8121 amostras entre os dias 6 e 8 de janeiro, das quais 3212 estavam contaminadas por Sars-Cov-2. Dessas, 3171 eram da nova variante.

Em 21 de dezembro, a ômicron representava 9% dos contaminados. Em 29 de dezembro, 31,7%. E em 6 de janeiro, 92,6%.

Atualizado em 12/01/2022
— -
Dados do Instituto Butantan mostram que maioria dos diagnósticos de Covid-19 na capital paulista foram causados pela variante Ômicron, que possui alta taxa de disseminação e vêm se tornando predominante no mundo. Nas 105 amostras analisadas pelo Instituto, 20 delas, ou seja, 19,4% tiveram resultado positivo para variante Delta, e 85 para a variante Ômicron, número que corresponde a 80,95% dos casos.

Veja também: Ômicron: menos tempo de licença médica e mais trabalho precário para trabalhadores da saúde

Enquanto isso, o governo Bolsonaro, Dória e a prefeitura da capital seguem com a incapacidade de lidar com o problema. Há falta de trabalhadores da saúde devido aos cortes orçamentários e aos afastamentos, e não disponibilizam testes massivos para minimizar os contágios, o que estabeleceria um cerco maior aos focos de disseminação da doença. Pelo contrário, foi expedida uma nova orientação oficial preocupante que reduz o tempo de licença médica para trabalhadoras e trabalhadores que já estão infectados, enquanto fica claro o movimento de desresponsabilização por parte da grande mídia capitalista e das Secretarias de Saúde, que reduzem a situação à responsabilidade individual de usar máscaras e lavar as mãos.

Pode interessar: Com ômicron e irracionalidade no combate à Covid-19, mundo bate 3 milhões de casos em 24h




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias