×

RACISMO | RACISMO: Arnaldo Faria de Sá diz que Pitta era "um negro de verdade, negro de alma branca"

O vereador do PP (Partido Progressista), partido também de Arthur Lira, proferiu a fala racista na noite desta segunda-feira (12), na Câmara de São Paulo, expressando mais uma vez o perfil racista e reacionário da direita brasileira, fazendo coro com Bolsonaro, Mourão e demais reacionários.

terça-feira 13 de julho | Edição do dia

FOTO: Divulgação/Câmara dos Deputados

Faria de Sá foi secretário de Governo do ex-prefeito, que administrou a Prefeitura de São Paulo no período de 1997 a 2000, vendo a falecer em 2009. "Eu me preocupei com um negro, que era o Pitta, o prefeito da capital, que estava escurraçado, estava sendo atacado, vilipendiado. (...) Derrotei o impeachment, ele levou seu mandato até o final. Eu estava preocupado com um negro de verdade, negro de alma branca como as pessoas costumam dizer, não podemos ter essa preocupação de não estar preocupado com todos", disse o verador.

Veja também: Segundo Datafolha, apenas 14% da população aprova o Congresso Nacional

O vereador tem um dos históricos mais repugnantes de atuação política, tendo feito parte da bancada da Bala e da Jaula que aplaudiram a chacina de Amazonas e Roraima em 2017, e também tendo votado a favor do projeto da terceirização que rasgou a CLT também em 2017, no governo de Michel Temer, entre outras coisas que fazem o vereador ser mais uma das figuras bizarras da política brasileira. Com essa fala racista, o vereador fez coro com as falas racistas e reacionárias de Bolsonaro, Mourão e outras figuras esdrúxulas da direita e extrema-direita brasileira.

Veja mais: No Brasil, 1º semestre de 2021 registra aumento de 53% de óbitos em relação a 2019

70% dos brasileiros acreditam que governo Bolsonaro é corrupto




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias