Sociedade

COVID - EUA

Nova York tem avanço na contaminação de COVID e fechará novamente as escolas

quarta-feira 18 de novembro| Edição do dia

Foto: REUTERS/ Eduardo Munoz

O prefeito de Nova York anunciou nesta quarta-feira, 18, que as escolas públicas da cidade, frequentadas por 1,1 milhão de crianças e jovens, voltarão a fechar as portas a partir da quinta-feira devido ao avanço do novo coronavírus. As escolas desse que é o maior sistema público dos Estados Unidos foram reabertas há apenas oito semanas.

A medida talvez seja o revés mais significativo para a recuperação de Nova York desde o primeiro semestre, quando a cidade foi o epicentro global do surto.

O diretor de escolas do sistema municipal, Richard Carranza, afirmou que as aulas serão oferecidas somente de maneira remota até segunda ordem.

Nova York, que foi o epicentro da pandemia de coronavírus nos EUA em abril e maio, registrou mais de 34 mil mortes por covid-19, número menor ainda que São Paulo - SP, governada atualmente pelo golpista Bruno Covas (PSDB). Embora a cidade e até mesmo o Estado tenham uma taxa menor de casos positivos do que a maior parte do país, o número de casos está aumentando.

Possui conteúdo da Agência Estado.

Veja também: São Paulo, governada por Bruno Covas, é a cidade com o maior número de mortes por COVID.




Tópicos relacionados

escolas públicas   /    escolas privadas   /    Nova York   /    COVID-19   /    pandemia   /    Escolas   /    Sociedade   /    Estados Unidos   /    Educação

Comentários

Comentar