×

Chuvas | Mais de 700 familias já estão desamparadas por conta das chuvas no Rio de Janeiro

Chuvas que vem deixando rastros de destruição na Bahia e Minas Gerais por conta da irracionalidade capitalista e mudanças climáticas, também passam pelo estado do Rio de Janeiro. Já são mais de 100 chamados aos bombeiros, além de centenas de famílias desalojadas e desabrigadas, principalmente no noroeste do estado.

segunda-feira 10 de janeiro | Edição do dia

Agência Brasil

Com fortes chuvas atingindo o estado fluminense no último final de semana, além de um tempo instável se mantendo ao longo da semana, o Rio de Janeiro também acumula desabamentos, enchentes de pelo menos 4 rios e famílias desamparadas. De acordo com um levantamento do G1 com dados da Defesa Civil já são mais de 700 famílias no Noroeste do estado atingidas pela chuva.

Enchentes | 75% das verbas de combate a desastres como as enchentes na Bahia foram cortadas por Bolsonaro

O Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, o Cemaden, emitiu um alerta devido a Zona de Convergência do Atlântico Sul que permanece sobre a região sudeste desde o domingo (9). Segundo o órgão, é a influência desse fenômeno que está causando chuva constante em várias cidades do estado.

No município de Rio Bonito, na região metropolitana, ocorreu hoje um deslizamento, felizmente sem vítimas, nem feridos. As cidades mais afetadas na região noroeste são: Itaperuna, Natividade, Porciúncula, Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Italva e Laje do Muriaé, Cambuci e Santo Antônio de Pádua. Números podem passar de 700 famílias, já que Porciúncula informou o número de 149 desabrigados e 600 desalojados.

Rua da cidade de Itaperuna embaixo d’agua/João Vitor Brum/Inter TV

Diferente do que bolsonaristas colocam, as mudanças climáticas colocam eventos climáticos cada vez mais extremos, cada vez mais recorrentes. Grandes secas, grandes chuvas, nevascas entre outros. Nesse momento, enquanto a região Sudeste e Nordeste enfrentam chuvas, a região Sul junto com Argentina e outros países da bacia do Rio Prata podem enfrentar temperaturas de 50 graus.

Flavia Valle: "É a ganância capitalista que faz com que as chuvas signifiquem destruição para o povo"




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias