Política

CRISE POLÍTICA

Leia a íntegra da reunião em que Bolsonaro, militares e ministros mostram todo seu reacionarismo

Leia aqui a íntegra da bombástica reunião ministerial que se tornou centro da crise política, após o depoimento de Moro, e que foi liberada hoje pelo ministro Celso de Mello. Além da admissão da interferência na PF, ministros e militares expõe todo o reacionarismo e autoritarismo do bolsonarismo.

sexta-feira 22 de maio| Edição do dia

Após o depoimento do ex-ministro Sergio Moro apontar para a reunião ministerial do dia 22/04, ela se tornou o centro da crise política. Segundo Moro nela estaria presente evidências da interferência de Bolsonaro na PF. Aos poucos começaram a se revelar declarações escandalosas que poderiam estar contidas na reunião.

No dia de hoje o ministro Celso de Melllo, responsável pelo inquérito, decidiu divulgar na íntegra a gravação da reunião. Compartilhamos abaixo o documento transcrito pela PF que traz as reacionárias declarações de Bolsonaro, militares e demais ministros.


Para mais informações e análises em relação a essa nova crise política siga acompanhando nossa cobertura. As 21h realizaremos uma live com nossos analistas que debaterão a fundo os avanços dessa crise política. Assista pelo youtube: https://www.youtube.com/watch?v=K0AuKJjs-fs

Vejam aqui outros artigos sobre essa escandalosa reunião:

- Braga Netto convocou reunião ministerial, escancarando comando militar sobre o governo Bolsonaro

- Ricardo Salles quer usar pandemia para destruir Amazônia: “A oportunidade é passar desregulamentação”

- Bolsonaro defende racismo de Weintraub e diz que seria preso por homofobia ao deixar governo

- Paulo Guedes: “O Banco do Brasil é um caso pronto de privatização, tem que vender essa porra logo”

- Guedes assume Pró-Brasil como plano demagógico que esconde futuros ataques do governo

- "Vão liberar geral?”. Damares usa crise do coronavírus para pregar contra aborto

- "Odeio o termo povos indígenas". Veja integra da fala de Weintraub na reunião

- Presidente da Caixa: "O pessoal da Band queria dinheiro!"

- Bolsonaro diz: “Jamais pegarão meu telefone” e afirma que aprovou ameaça de Heleno ao STF

- Onyx Lorenzoni admite: o governo está "Vendendo o Brasil"

- Diálogo de Teich e Braga Netto: Governo tem plano de abertura para atender empresários

- No meio da pandemia, presidente do BC defende corte de gastos para pagar donos da dividida

- Liberdade para empresários e ataques à China, confira a fala de Ernesto Araújo na reunião ministerial

- Guedes exibe seu DNA pinochetista e ultra neoliberal na reunião ministerial




Tópicos relacionados

Jair Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar