Política

PANELAÇO CONTRA BOLSONARO

"Contra Bolsonaro, os trabalhadores não podem confiar em Doria, Maia e os golpistas", diz Pablito

Nos somamos à revolta e ao ódio da população do Amazonas e de todo Brasil frente a política assassina de Bolsonaro, mas não confiamos em Doria, Maia e os golpistas que aprovaram as reformas contra nossos direitos e sucatearam a saúde.

Marcello Pablito

candidato a vereador em São Paulo, pela Bancada Revolucionária de Trabalhadores.

sexta-feira 15 de janeiro| Edição do dia

Nos somamos à revolta e ao ódio da população do Amazonas e de todo Brasil frente a política assassina de Bolsonaro, que ao negar a pandemia negou também medidas necessária para evitar as mortes.

Era necessário testagem massiva para organizar a quarentena impedindo a disseminação do vírus, a contratação de trabalhadores da saúde para ampliar a capacidade de atendimento do SUS e a reconversão da indústria para produção de insumos para testes, oxigênio e respiradores.

Essas medidas também não foram tomadas por João Doria e Rodrigo Maia, nem pelos partidos da direita e o centrão. Também os militares, o judiciário e a mídia endossaram essa política. Por isso, todos são responsáveis e os trabalhadores não podem depositar confiança nesses golpistas. Precisam construir uma alternativa independente, pois são os únicos que realmente se importam com as vidas de seus entes queridos.

É preciso que a esquerda organize um polo de trabalhadores com uma política de independência de classe, que não aceita aliança com partidos golpistas que atacam nossos direitos e destroem a saúde pública. Exigindo que a CUT e CTB unifiquem todas as categorias para lutar contra as demissões e garantir um plano emergencial para Manaus e todo o país.




Tópicos relacionados

Crise do Coronavírus   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Coronavírus   /    Política

Comentários

Comentar