×

Pandemia | Com quase 600 mil mortes por Covid, taxa de transmissão volta a crescer no Brasil

Segundo relatório do Imperial College de Londres, a taxa de transmissão da covid-19 no Brasil subiu ao maior patamar desde 22 de junho deste ano. Registros oficiais de morte no país é de 591.034 até ontem, segunda-feira, 20.

terça-feira 21 de setembro | Edição do dia

O relatório do Imperial College de Londres, que pode ser visto aqui, indica que a taxa de transmissão no Brasil (Rt) subiu a 1,03 nessa semana. Isso significa que 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 103 pessoas, em média.

O aumento com relação à semana passada é expressivo: Chegamos à taxa de 0,81 na semana passada, menor índice desde novembro do ano passado.

Desde 29 de junho a taxa de transmissão estava abaixo de 1 no Brasil, ainda que a margem de erro calculada pelo Imperial College indica que hoje a taxa Rt pode variar de 0,91 até 1,22. Calcula-se que essa semana o Brasil registrará algo em torno de 3.980 mortes, caso siga esse padrão.

As mortes também estão aumentando, apesar da vacinação. Estamos com uma média móvel acima de 500 mortes por dia nos últimos sete dias, sendo que antes estávamos há seis dias abaixo de 500.

Certamente se contarmos a enorme subnotificação, o número de mortos já ultrapassou 600 mil mortos. Bolsonaro, governadores, Congresso e STF são os responsáveis pela barbárie a que estamos submetidos.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias