×
Rede Internacional

RACHADINHAS | STJ defende clã Bolsonaro sobre rachadinhas anulando a quebra de sigilo bancário de Flávio

Nesta terça-feira (23), a Quinta Turma do STJ anulou a quebra do sigilo bancário e fiscal de Flávio Bolsonaro que havia sido autorizado em abril de 2019. Essa decisão deixa claro que o judiciário está a serviço do regime do golpe e da defesa da família Bolsonaro.

quarta-feira 24 de fevereiro | Edição do dia

Por 4 votos contra 1, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça anulou a quebra do sigilo bancário e fiscal do filho do presidente. Isso impactará e ajudará Flávio Bolsonaro nos casos da rachadinha, em que ele é investigado por desviar parte dos salários dos funcionários como chefe de uma organização criminosa que atuou em seu gabinete no período em que estava como deputado na Alerj.

Há tempos já dizemos que não se pode confiar nesse judiciário golpista, mesmo quando ele delibera por decisões contrárias às propostas do governo e à família Bolsonaro. A anulação da quebra do sigilo de Flávio Bolsonaro pelo STJ escancara este fato e é mais uma demonstração de que o judiciário está a serviço do regime do golpe.

Devemos lembrar que esse judiciário, que atua em defesa de Flávio Bolsonaro, é o mesmo que atuou politicamente na prisão arbitrária de Lula, que não resolveu o caso do assassinato da vereadora Marielle Franco e o mesmo que encarcera milhares de jovens negros no Brasil. Essa instituição chancela o governo Bolsonaro com seus ataques contra a classe trabalhadora e com seu negacionismo responsável pela morte de centenas de milhares de pessoas nesta pandemia.

A decisão no caso de Flávio Bolsonaro é somente mais um exemplo do reacionarismo do judiciário que no regime golpista cada vez menos tenta demonstrar um mínimo de imparcialidade e serve como um meio para perseguição da classe trabalhadora e da esquerda.

Por isso novamente dizemos que não podemos ter a ilusão de que o judiciário e a democracia burguesa são saídas para os trabalhadores. Somente a organização da classe trabalhadora pode enfrentar os ataques cada vez mais duros que o regime impõe e combater os reacionarismo da família Bolsonaro

Leia mais:As disputas entre o STF e as Forças Armadas reatualizam a luta contra o regime do golpe institucional




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias