Economia

GOVERNO BOLSONARO

Presidente do Banco do Brasil acaba de renunciar

quinta-feira 18 de março| Edição do dia

O presidente do Banco do Brasil, André Guilherme Beltrão, entregou nessa quinta-feira (18) carta de renúncia ao presidente Bolsonaro. Após mudança na Petrobrás, essa é a segunda mudança em empresas estatais nesse início de 2021. Bolsonaro deve indicar novo nome em breve e dúvidas surgem se um novo militar será escolhido para seguir os planos neoliberais do governo.

André Guilherme Beltrão é parte da turma de Paulo Guedes que sai do governo. Dos nomes indicados pelo ministro, Beltrão é o 16º nome a cair desde o início do governo. Guedes e o presidente defendem a privatização do Banco do Brasil como parte de vender o patrimônio público brasileiro para a iniciativa privada e o grande capital financeiro.

Saiba mais: Em meio a uma reestruturação que quer cortar 5 mil funcionários e fechar mais de 300 unidades de atendimento para a população, o Banco do Brasil anunciou a abertura de 14 agências voltadas para o agronegócio.

Saída ocorre em meio ao pior momento da crise sanitária do país, com troca do ministro da saúde e recordes de mortes no país. Ao mesmo tempo, uma situação econômica difícil onde os preços estão subindo, o auxílio emergencial diminuindo e o desemprego e pauperização da vida aumentando.




Tópicos relacionados

Banco do Brasil   /    Banco do Brasil   /    Capital financeiro   /    Bancos   /    Bancários   /    Economia

Comentários

Comentar