×

Bolsonaro na ONU | Bolsonaro esconde escândalo bilionário com Covaxin e diz que não há mais corrupção no Brasil

O presidente abriu a Assembleia geral da ONU do jeito que ele mais sabe: mentindo. Disse sem gaguejar que o Brasil está há 2 anos e 8 meses sem casos de corrupção. Contudo, só o escândalo de corrupção da Covaxin chega a 2 bilhões de reais.

terça-feira 21 de setembro | Edição do dia

Entre mentiras ditas sobre sua gestão, o meio ambiente, e a situação do povo brasileiro, Bolsonaro também afirmou que desde seu governo não há casos de corrupção no Brasil. Fora o caso vergonhoso de corrupção das vacinas, muitos outros se juntam na lista. A família inteira de Bolsonaro tornou a corrupção um negócio da família, cheio de funcionários fantasmas, esquemas de laranja, rachadinhas desde o tempo que o presidente era deputado. Sem contar os nojentos envolvimentos com as milícias do Rio de Janeiro, que a família está envolvida até o pescoço.

Propina envolvendo governo Bolsonaro e vacinas Astrazeneca chegaria a R$ 2 bilhões

Marcelo Luiz dos Santos, ex-funcionário do clã Bolsonaro onde trabalhou por 14 anos, conta que ex-esposa de Bolsonaro, Ana Cristina Valle, comandava esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Bolsonaro, antes que o Queiroz fosse contratado para exercer tal função.

O próprio Flávio Bolsonaro que é investigado por lavagem de dinheiro, rachadinhas e organização criminosa desde ano passado recebeu foro privilegiado do STF às custas de recuos políticos do próprio pai. Família unida!

STF tira de pauta julgamento sobre foro de Flávio Bolsoanro




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias