×

Auxílio emergencial | 630 mil pessoas tiveram problemas para receber o auxílio emergencial na pandemia

A Defensoria Pública da União atendeu pelo menos 630 mil pessoas que tiveram dificuldades para conseguir receber o auxílio emergencial durante a pandemia

segunda-feira 16 de agosto | Edição do dia

Balanço da Defensoria Pública da União divulgado informa que o órgão realizou 2,8 milhões de atendimentos de abril de 2020 até 12 de agosto, e ao menos 630 mil foram destinados a pessoas que tiveram dificuldades de receber o auxílio emergencial durante a pandemia.

Esse dado expressa mais uma dificuldade enfrentada pelos trabalhadores brasileiros que passaram por inúmeras dificuldades na pandemia.

Além do número exorbitante de mortos no país por conta do descaso dos governos, com mais de 500 mil óbitos, falta de leitos, testes e EPIs, a população precisou se enfrentar com a alta taxa de desemprego e as MPs da morte de Bolsonaro, que permitia que o patrão pudesse reduzir o salário do funcionário ou até suspender o contrato, usando a justificativa da crise pandêmica para manter seus lucros.

O aumento da inflação e o aumento do preço dos alimentos explicitam a insuficiência do valor do auxílio emergencial, fez com que cerca de 113 milhões de brasileiros ficassem em situação de vulnerabilidade alimentar e mais da metade da população, 19 milhões, vivenciassem a desnutrição e a fome.

Pode interessar: Com desemprego em alta, falta emprego para 32,9 milhões de brasileiros, diz IBGE




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias