×

Mobilização | Trabalhadores da Eletrobras, Furnas e Cepel aprovam greve para 17/01

No último dia 07 funcionários da Eletrobras, Furnas e Cepel já haviam aprovado, uma paralisação. Nesta quarta feira esses trabalhadores decidiram entrar em greve por tempo indefinido neste dia 17 de janeiro. Uma mudança no plano de saúde e a falta de diálogo da direção são os motivos pelo qual esse setor decidiu pela greve.

sábado 15 de janeiro | Edição do dia

O ataque ao plano de saúde é parte do acordo coletivo do ano de 2020 e obrigará que os trabalhadores paguem 40% do plano fornecido pela Estatal. Um aumento de 30% no valor anterior e que vem em um momento de pandemia e de forte apreensão de toda a classe trabalhadora entorno das questões de saúde. Passado o primeiro ano da pandemia e após tentativas na justiça que desdobraram na concessão de uma liminar que impedia a cobrança até o julgamento a empresa se movimenta para aplicar o ataque.

Os trabalhadores, incluindo os ligados a operação e manutenção da Furnas, buscam reverter esse quadro que conta ainda com a falta de negociação total por parte da empresa. Desta forma iniciarão a greve no próximo dia 17. A força dessa greve pode vir a questionar não só o absurdo deste ataque em meio a pandemia para os trabalhadores mas, o processo de precarização que se aprofunda diante da necessidade de avançar na privatização da empresa por parte do governo Bolsonaro.

Com informações do Estadão.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias