Política

CORONAVÍRUS | ESPORTES

Tito Ortiz, lutador do UFC e negacionista, diz que coronavírus foi ‘feito pela esquerda’

O ex-campeão de UFC, o norte-americano Tito Ortiz deu declaração dizendo que o coronavírus é obra da esquerda. Em participação no podcast “I Only Touch Greatness, o lutador de peso-médio expressou seu negacionismo.

sábado 3 de outubro| Edição do dia

Para Tito Ortiz, lutador norte-americano do UFC, o coronavírus foi um “golpe político” da esquerda. O lutador é um extremo-direitista, com corriqueiras declarações absurdas e negacionistas.

Para ele, a esquerda criou e usou o coronavírus para “controle populacional”. Segundo ele “estão tentando tirar todas as pessoas mais velhas que recebem seguro social e assim por diante”.

Ortiz é trumpista, e também deu declaração culpando a China e pedindo que Donald Trump faça com que “eles todos paguem por isso”, mostrando todo o negacionismo típico da extrema-direita de Trump e de Bolsonaro, que chamam o vírus de “vírus chines”.

Ele ainda deu um discurso derrotista sobre as eleições presidenciais nos EUA. Vestindo uma camisa com o rosto de Donald Trump, disse que irá deixar o país após as eleições.

Atualmente, o lutador de UFC da extrema-direita concorre a uma vaga na Câmara Municipal de Huntington Beach, no estado da Califórnia.




Tópicos relacionados

Negacionismo   /    Crise do Coronavírus   /    Coronavírus   /    Donald Trump   /    Eleições Estados Unidos   /    Estados Unidos   /    Política

Comentários

Comentar