Internacional

Presidente eleito da Bolívia, Luis Arce, sofre atentado de dinamite

O presidente eleito mês passado da bolívia, Luis Arce, do MAS, Movimento ao Socialismo, sofreu um atentado a dinamite, na casa onde funciona a sede de campanha, na noite dessa quinta-feira (5).

sexta-feira 6 de novembro| Edição do dia

Foto: Assessoria de Imprensa do MAS. (sede de campanha do partido)

O porta-voz do MAS, Sebastián Michel, denunciou o ocorrido, à imprensa boliviana, relatando que o ocorrido se deu em frente ao comitê de campanha do partido. Segundo Sebastián, Arce estava no comitê quando uma banana de dinamite foi arremessada na porta do imóvel.

Não há feridos, nem informações sobre danos ao imóvel. Tampouco há informações sobre suspeitos do atentado.

“Há poucos minutos fomos vítimas de um ataque de um grupo que deixou uma banana de dinamite na casa de campanha onde nosso próprio presidente eleito, Luis Arce, se reunia. Estamos muito preocupados com o que está acontecendo” disse Sebastián Michel.

Também, Michel afirmou que não teve nenhum tipo de respaldo das autoridades do governo interino ou da própria segurança, os quais não se pronunciaram a respeito do ocorrido. Ele reclamou que as autoridades do país não se pronunciaram sobre o assunto e não oferecem segurança à autoridade de mais alto nível da Bolívia, dizendo que se sentem largados a “própria sorte”.

O novo presidente, sucessor de Evo Morales, eleito pelo voto popular, terá sua cerimônia de posse nesse domingo, 8/11.

É repudiável qualquer tentativa de atentado contra a vida do presidente eleito e de seus companheiros. É um fato condenável e que exige investigações urgentemente. É mais uma demonstração que o enfrentamento a extrema-direita só poderá ser feito nas ruas, através da luta de classes, e não se encerra nas eleições.




Tópicos relacionados

Luis Arce Catacora   /    Jeanine Añez   /    Golpe de Estado Bolívia   /    Evo Morales   /    Internacional

Comentários

Comentar