Gênero e sexualidade

PARALISAÇÃO INTERNACIONAL DE MULHERES

Pão e Rosas na sede da CEDAE chama as trabalhadoras para o 8M no Rio

quarta-feira 8 de março de 2017| Edição do dia

O grupo de mulheres Pão e Rosas começou o 8 de março chamando as trabalhadoras da CEDAE para o ato que ocorrerá às 16 horas na Candelária no Rio do Dia Internacional de Luta das Mulheres, para o qual com intensa mobilização as mulheres estão construindo uma paralisação internacional.

Convocando as mulheres para a linha de frente, em aliança com a classe trabalhadora, o Pão e Rosas distribuiu nesta manhã um panfleto de na sede da Companhia Estadual de Águas e Esgoto do Rio de Janeiro. Isa Santos, do Centro Acadêmico de Serviço Social da UERJ declarou que: devemos ir ao ato com a força das trabalhadoras da CEDAE que lutaram bravamente contra a votação na ALERJ da privatização da água e do saneamento do povo carioca, que Pezão e Temer querem entregar para o lucro capitalista. Veja no vídeo:

Como havia dito Carolina Cacau, ex candidata do MRT pelo PSOL e integrante do Pão e Rosas: no Rio de Janeiro seria fundamental que as trabalhadoras da CEDAE, professoras, estudantes, professoras e técnicas administrativas da UERJ e das universidades, assim como toda as mulheres do funcionalismo paralisassem com seus companheiros das categorias para lutar pelos direitos das mulheres e contra os ataques do Pezão, e estivessem na linha de frente do ato unificado que vai ocorrer no centro do Rio. Veja abaixo o material distribuído:




Tópicos relacionados

Especial 8 de março   /    CEDAE   /    Rio de Janeiro   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar