Educação

02/03: Venha para o encontro de [email protected] discutir a precarização e o retorno inseguro

Às vésperas do Dia Internacional de Luta das Mulheres, o Nossa Classe Educação e o Movimento Pão e Rosas convidam as educadoras e educadores de São Paulo para conversar sobre a luta e a greve contra a reabertura insegura das escolas e a precarização da educação, que atinge sobretudo as mulheres, maioria de nossa categoria.

domingo 28 de fevereiro| Edição do dia

A reabertura insegura das escolas foi imposta em meio ao pior momento da pandemia no país em que os trabalhadores sofrem com recorde de desemprego, inflação, sem auxílio emergencial e sem perspectiva concreta de vacinação. A cada novo pronunciamento de Doria ou Covas, junto aos seus secretários Rossieli e Paula, fica mais evidente como não são alternativas ao negacionismo de Bolsonaro, que conduziu o pais ao cenário de mais de mil mortes por dia pela pandemia. Não garantiram leitos ou testes, demitiram trabalhadores expuseram a população em transportes lotados.

O quadro em que ocorre a reabertura das escolas é muito grave porque se liga ao processo de precarização e desmonte da educação pública. A demissão aos milhares de trabalhadoras terceirizadas da limpeza e da merenda e, agora, a reabertura das escolas que já ceifou vidas de nossos colegas e alunos, é a prova de que não se importam com nossas vidas e de toda a comunidade escolar. Por isso, em defesa das nossas vidas e das vidas da comunidade escolar os educadores do município estão em greve.

Lamentavelmente, encontramos nossos sindicatos, especialmente SINPEEM e APEOESP, recheados por uma burocracia que freia ou desvia a nossa organização e luta pela vida da comunidade escolar.

As mulheres, que são a imensa maioria entre todos que trabalham nas escolas, são aquelas que mais sofrem o peso de todos esses ataques. Mas são também elas que podem ser a linha de frente contra todos esses governos e os golpistas e contra a reabertura insegura das escolas. Assim como estamos vendo nas lutas das trabalhadoras da saúde pelo país, que são linha de frente no enfrentamento à pandemia.

Às vésperas desse dia histórico que é o 8 de março, dia Internacional que resgatamos a força e a luta das mulheres contra o patriarcado e toda forma de opressão, nós do movimento Nossa Classe Educação e do Pão e Rosas convidamos a todos para conversar sobre a luta das trabalhadoras da educação contra a precarização da educação e da vida, e a reabertura insegura e irresponsável das escolas.

Quando?

Terça-feira 02/03 às 19h

Como participar?

Responda este formulário que entraremos em contato com o link do nosso encontro online: https://forms.gle/JY1Z7RFm9ymh7t5u7




Tópicos relacionados

Coronavírus e Educação   /    escolas públicas   /    escolas privadas   /    Professores São Paulo   /    Educação   /    Greve professores SP   /    Educação

Comentários

Comentar