×

Pandora Papers | Mais 8 empresários de mídia aparecem na Pandora Papers com empresas em paraísos fiscais

A lista conta com integrantes da família Marinho (Globo), donos da Jovem Pan, Editora 3, filhos do apresentador Ratinho, sócio e ex-presidente do conselho da RBS e controladora do grupo TV Verdes Mares.

sexta-feira 8 de outubro | Edição do dia

INFORMAÇÕES: PODER 360

Cada vez mais nomes vem aparecendo na investigação do Pandora Papers, projeto do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ). Os nomes da vez são os de empresários do ramo de mídias no Brasil.

Paula Marinho, neta do empresário Roberto Marinho, fundador da Globo, é listada como proprietária de duas empresas nas Ilhas Virgens Britânicas: Limozina Investing Limited e Ravello Holding Limited.

A constituição das offshores teve como objetivo comprar aeronaves nos Estados Unidos. Na sua ficha de abertura de 2011, a Limozina diz que comprará um helicóptero Grand Agusta. Nesta empresa, Paula é sócia de Alexandre Chiappetta de Azevedo, seu ex-marido. A empresa foi aberta em 31 de agosto de 2011, nas Ilhas Virgens britânicas.

Já a Ravello informou que também tem como objetivo a compra de uma aeronave. Não cita o modelo, mas menciona o valor: US$ 5 milhões. Foi aberta em 15 de junho de 2016. A empresa foi registrada nas Bahamas.

Os irmãos e sócios da rádio Jovem Pan, Antonio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha, e Marcelo Leopoldo e Silva de Carvalho, são ligados à offshore Myddleton Investments Limited. Os dois são diretores da empresa aberta nas Ilhas Virgens Britânicas.

A Myddleton foi aberta em 29 de março de 2005. Em setembro de 2016, houve uma mudança estrutural, que manteve só os irmãos na sociedade.

A família Alzugaray, dona da Editora Três, mantém uma offshore nas Ilhas Virgens Britânicas. Controladores de revistas como IstoÉ e Planeta, os irmãos Carlos Domingo e Paula Alzugaray são filhos do fundador da Editora Três, o argentino Domingo Cecilio Alzugaray (1932-2017).

Catia Alzugaray, mãe da família, é sócia de Carlos na offshore Hideo Corporation, registrada nas Ilhas Virgens Britânicas. Na ficha de abertura, é dito que ela tem um capital de US$ 4 milhões. O propósito declarado é investimento financeiro.

Gabriel Martinez Massa e Rafael Martinez Massa, os 2 filhos gêmeos do apresentador Carlos Roberto Massa, Ratinho, são sócios em duas offshores nas Ilhas Virgens Britânicas: GRM2 Holdings Ltd e SMM Holding.

Eles são também irmãos do governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD). No Brasil, os 2 são sócios no Grupo Massa de Comunicação. Eles representam o SBT e a rádio Massa FM no Paraná.
Em relação à declaração de propósitos da empresa, os gêmeos Massa dizem que o offshore é para investir no mercado imobiliário da Flórida. A estimativa é de ganhos de até US$ 250 mil anuais.

Eduardo Sirotsky Melzer, sócio e ex-presidente do conselho da RBS, grupo de mídia afiliado à TV Globo, é acionista da FFM Holdings, trust registrado nas Ilhas Virgens Britânicas.A FFM Holdings emitiu 20.000 ações no valor de US$ 100 cada uma. Totalizam US$ 2 milhões. Não há informações acerca da data de fundação e áreas de atuação da empresa.

Yolanda Vidal Queiroz, controladora do grupo cearense Edson Queiroz, que atua em pelo menos 6 diferentes setores, também tem uma empresa offshore registrada em seu nome, a Water Overseas S.A. Entre as empresas do conglomerado que era controladora está a TV Verdes Mares, afiliada da TV Globo em Fortaleza. Yolanda morreu em 2016, consta no documento de transferência de suas ações para os filhos e netos.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias