Economia

GOVERNO BOLSONARO

Governo deve anunciar hoje privatização 17 empresas, acelerando a entrega das riquezas nacionais

quarta-feira 21 de agosto| Edição do dia

Bolsonaro deixou claro desde o primeiro dia de governo que veio para entregar o Brasil de mão beijada para o imperialismo norte-americano de Trump. Agora Paulo Guedes, ministro da economia anuncia que serão publicados nesta quarta-feira (21) os nomes de mais 17 empresas públicas a serem privatizadas ainda esse ano. O ultra neoliberal Guedes ainda afirmou em evento em São Paulo que o ritmo de privatizações irá acelerar e que “as coisas estão acontecendo devagarzinho, vai uma BR Distribuidora aqui, daqui a pouco vem uma Eletrobras, uma Telebras, daqui a pouco vem também os Correios, está tudo na lista. Amanhã deve ser anunciado umas 17 empresas só para completar o ano. Ano que vem tem mais”.

O argumento, além da arrecadação de recursos, é que assim as empresas irão melhorar, que a administração pública destas empresas é deficiente, e que a situação na mão da iniciativa privada será melhor, mas já vimos em outras privatizações como a SuperVia ou a Light no Rio de Janeiro que a privatização só significou pioras no serviço e aumento dos custos do serviço para a população. Para além do aprofundamento da crise econômica que os brasileiros estão sofrendo com o aumento do custo de vida e o desemprego, além da Amazônia que arde para satisfazer o lucro dos capitalistas da mão de Bolsonaro, as privatizações só significarão mais sucateamento e piores e mais caros serviços.




Tópicos relacionados

Paulo Guedes   /    Governo Bolsonaro   /    Economia

Comentários

Comentar