Mundo Operário

DEMISSÃO EM MASSA

Doria demite 154 funcionários da Imprensa Oficial de SP via whatsapp e telegrama

Nessa quarta-feira (2) funcionários da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (Imesp) foram surpreendidos com mensagens de demissão via whatsapp e telegrama. As demissões fazem parte dos projetos de privatização de João Doria que deixa famílias desempregadas em meio à pandemia.

sexta-feira 4 de junho| Edição do dia

Foto: Sindicato dos Jornalistas de SP/facebook

Doria chama a demissão em massa de reestruturação, fechou do dia para a noite o parque gráfico da Imesp e da EdUSP (Editora da Universidade de São Paulo) anexando esses órgãos à Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo). Segundo funcionários o governador havia prometido incorporação e acabou demitindo em massa.

Na manhã desta quinta-feira (3) os funcionários junto do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo e dos Trabalhadores das Indústrias Gráficas realizaram protesto na sede da Imesp. O grupo exige reunião online com o governo para manter seus empregos mas ainda não foi respondido. Em nota a Imesp sugeriu reunião presencial apenas com representantes sindicais hoje (4) às 14h.

Em entrevista à Folha de São Paulo o impressor Guilherme Cavalheiro que está há 17 anos na empresa afirma: "Uma empresa do tamanho da Prodesp não absorver esses funcionários em plena pandemia, achamos isso um absurdo!"

O Esquerda Diário se solidariza com todos esses trabalhadores e se coloca à disposição para denúncias contra as demissões em massa amparadas por Bolsonaro, Doria e que já ocorrem mesmo antes da adiada decisão do STF de permitir esse tipo de demissão sem acordo coletivo. É preciso unificar todas as lutas em curso junto com a juventude que saiu às ruas no dia 29 para organizar uma grande batalha contra todos os ajustes e reformas do regime do golpe que descarrega a crise capitalista sobre nossa classe.

Assista o ED Comenta, novo programa do Esquerda Diário, que nesse episódio trata do assunto:




Tópicos relacionados

Demissão em massa   /    BolsoDória   /    Crise Sanitária   /    Pandemia   /    Crise capitalista   /    Que os capitalistas paguem pela crise!   /    Desemprego   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar