Política

STF E BOLSONARO JUNTOS CONTRA OS TRABALHADORES

Diana Assunção diz: “No abraço de Bolsonaro e Toffoli estão todos os ataques aos trabalhadores”

Em jantar na casa do presidente do STF após a indicação de Kassio Marques para o cargo de ministro do tribunal, o presidente Jair Bolsonaro abraçou Dias Toffoli. Esse gesto expressa a aliança das instituições desse regime dos ricos contra os trabalhadores e nossos direitos.

segunda-feira 5 de outubro| Edição do dia

Muitos lembram das inúmeras críticas de Bolsonaro e seu clã contra o Supremo Tribunal Federal. Como seu filho, Eduardo, disse que com “um cabo e um soldado” fecharia o tribunal. Todas as brigas, no entanto, são pequenas perto de seu pacto contra os trabalhadores e o povo pobre, e isto se demonstrou mais uma vez de forma emblemática no abraço trocado entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente do STF, Dias Toffoli, após um amigável jantar na sua casa para celebrar a indicação do novo ministro Kassio Marques, com a benção do “centrão”.

A candidata a vereadora da bancada revolucionária do MRT, Diana Assunção, comentou o episódio e sua significação para o Esquerda Diário:

“Desde 2016 viemos destacando o papel central que o Supremo Tribunal Federal e o judiciário em geral, como um dos pilares desse regime político dos capitalistas, teve um papel central para efetivar todos os ataques contra os trabalhadores e o povo pobre. Desde a condução do golpe institucional, passando pelo cerceamento das eleições em 2018 com a cassação do direito de voto de milhões e a prisão arbitrária de Lula, até o seu apoio irrestrito a todas as reformas de Temer, julgando constitucional a lei da terceirização e todos os absurdos ataques que simplesmente passam por cima de qualquer tipo de legalidade, mostrando que essa lei feita pelos ricos não passa de papel molhado quando eles mesmos querem rasgá-la para lucrar ainda mais retirando nossos direitos mais elementares.

Bolsonaro nunca escondeu seu ódio aos trabalhadores e sua organização, querendo aprovar todos os ataques que já vinham sendo orquestrados com a aliança do Congresso, e ao mesmo tempo destruir qualquer organização dos trabalhadores. Sua retórica contra o judiciário e o STF fez com que muitos chegassem a ver, de forma ingênua às vezes, mas sempre muito equivocadamente, que no judiciário poderia haver um aliado para combater o governo de extrema-direita. Que eles colocariam freios em Bolsonaro e seus ataques.

O que vemos nas ações do judiciário é o contrário. Julgaram contra a greve dos Correios recentemente, por exemplo, mostrando que estão do lado da privatização que Guedes e Bolsonaro querem impor. E agora vemos uma demonstração expressiva do pacto entre o governo e o STF. Nesse abraço entre Bolsonaro e Toffoli do STF estão as reformas da previdência, a lei da terceirização, o teto de gastos e todo plano de ajustes do golpe. Não há Fora Bolsonaro sem derrotar todo esse regime podre: por uma nova Constituinte imposta pela luta.”




Tópicos relacionados

Bancada Revolucionária de Trabalhadores   /    Eleições 2020   /    Dias Toffoli   /    Governo Bolsonaro   /    STF   /    Poder Judiciário   /    Política

Comentários

Comentar