Internacional

BOLÍVIA

Depois do golpe de Estado, México concede asilo político a Evo Morales

A notícia foi confirmada pelo responsável da Secretária de Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard.

terça-feira 12 de novembro| Edição do dia

Nesta tarde, Marcelo Ebrard, responsável pela Secretária de Relações Exteriores, confirmou que o México concedeu asilo político para Evo Morales.

Através de um comunicado apresentando a imprensa, no Ministério das Relações Exteriores do México, Elbrardafirmou que o presidente boliviano havia aceitado o convite que o governo mexicano o concedeu, assim como também, solicitou verbal e formalmente a confirmação do asilo político.

Em seu comunicado, o governo do México assegurou que esta concessão de asilo está de acordo com a sua política exterior entorno dos direitos humanos, em respeito à autodeterminação dos povos” e a não intervenção. Destacou que esta decisão já havia sido comunicada na Organização do Estados Americanos (OEA), e que posteriormente se fazia do conhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU), ambos organismos que historicamente permaneceram em silêncio perante inumeráveis violações de direitos humanos, ou mesmo, como neste caso, onde tem cumprido um papel chave para impulsionar e promover levantamentos golpistas.




Tópicos relacionados

Golpe de Estado Bolívia   /    Internacional

Comentários

Comentar