×

Governo Bolsonaro | Bolsonaro inaugura obra hídrica que não pode distribuir água, em Pernambuco

Obra denominada como "Ramal do Agreste", localizado na cidade de Sertânia (PE), não poderá cumprir com suas funções de distribuição de água para dezenas de municípios, devido a veto financeiro de R$ 161 milhões que o próprio presidente cometeu.

quinta-feira 21 de outubro | Edição do dia

IMAGEM: Reprodução/MDR

Nesta quinta-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro inaugurará o Ramal do Agreste, na cidade de Sertânia em Pernambuco.

Trata-se de uma obra hídrica com o potencial de distribuir água para mais de dois milhões de pessoas em cerca de 68 cidades da região, porém, tal obra não poderá cumprir com seu papel, já que o próprio presidente vetou o envio de R$ 161 milhões destinados a mesma.

A obra em si não está finalizada nesta situação, dado que o restante da verba cobriria a finalização da estrutura, segundo o governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB-PE), que também colocou em nota que não foi destinado nenhuma verba por parte do governo federal ao empreendimento em todo 2021.

O processo de construção também passou por críticas do próprio Ministério do Desenvolvimento Regional, ao apontar que a construção de trechos como Ipojuca-Mimoso não foi executada, abrindo mão da obra poder operar ainda que parcialmente, já que a mesma começou "do fim para o início".

Ainda assim, Bolsonaro segue em viagem para inaugurar obras assim, em meio a uma profunda crise econômica no país e também ambiental que pode acarretar inclusive eventuais problemas graves de abastecimento de água.

Leia Também: Bolsonaro gasta milhões em viagem e não paga bolsa a milhares de estudantes




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias