×

Homofobia | Após escândalo de homofobia, jogador bolsonarista Maurício Souza cogita ser candidato em 2022

O jogador de vôlei Maurício Souza cogita candidatura após destilar sua homofobia pelas redes.

segunda-feira 1º de novembro | Edição do dia

Imagem: Reprodução

Em entrevista à Jovem Pan, mídia que tem despontado na medida em que vai se tornando abertamente um antro bolsonarista, o jogador de vôlei Maurício Souza declarou que cogita se lançar candidato para as eleições de 2022.

O jogador bolsonarista alega que tem sido incentivado pela base conservadora que ganhou com o empurrão da família Bolsonaro, após destilar toda sua homofobia no país que mais mata LGBTQ no mundo e tem cogitado “representar bem” esses setores numa eventual candidatura nas próximas eleições.

Veja também: Maurício Souza quer ter o direito de ser homofóbico no país que mais mata LGBTs no mundo

Se for candidato, está mais do que evidente que a sua plataforma vai ser reforçar os setores de extrema-direita que querem alavancar as suas campanhas em base à violência contra LGBTQ, mulheres, negros, indígenas, tentando assim impedir a organização desses setores, intimidando suas lutas. Isso porque puderam ver a potência da luta antirracista, do movimento de mulheres, da luta LGBT. E isso de fato coloca em cheque os valores tradicionais de opressão e exploração.

Veja o programa Esquerda Diário Comenta sobre as declarações homofóbicas do jogador:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias