Juventude

RELATO

A gente pixa e você pinta, vamos ver quem tem mais tinta.

Não manjo nada do que se declara poema, poesia, crônica ou sei lá eu. Mas escrevi isso como mc, pixador e grafiteiro.

terça-feira 24 de janeiro de 2017| Edição do dia

Becos e vielas são telas
Enquanto a galeria se instala no 9º andar
E que trampo é escalar
Pra sociedade e o governo sou mais um numero
Mas existo e resisto na Tag do muro
No pico mais alto expresso oque de mais baixo rola
E quando o Break aprendi ainda nem estava na escola
Estava no sangue
DNA já era de gangue
O traço grafiteiro era presente ate na caligrafia
O sujismundopixadô dentro de mim que grita
Oque esteticamente é bom aos olhos, visa
Oque denuncia o covarde virou só cinza.
E apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
A cidade cheira a tinta
Mas não cheira vida
E quantas vidas se foram colorindo a sua vida?
A tecla que se bate é se é arte
Mas se é não pago pra ver
E apago sem ver!
Mas se oque você paga é arte
A minha tem deixado de ser
Porque minha arte esta por todo lado
E a sua quem a paga pra ver?




Tópicos relacionados

Juventude

Comentários

Comentar