Política

PANDEMIA

3.780 mortes em 24 horas. Bolsonaro, militares e governadores são responsáveis!

A barbaridade no Brasil parece não ter fim. A marca de 3.780 mortes em 24 horas é novo recorde nacional, com Bolsonaro, militares e governadores à frente da responsabilidade. É preciso barrá-los urgentemente.

terça-feira 30 de março| Edição do dia

Foto: Eduardo Anizelli

Apenas em São Paulo foram registradas 1.209 vidas perdidas em 24 horas, escancarando a demagogia do governador. No Rio de Janeiro, os cariocas sofrem com mais de mil pessoas na fila de leitos de UTI.

Os holofotes virados para a reforma ministerial de Bolsonaro não foram suficientes para ofuscar os novos recordes nacionais que dia a dia apavoram a população. O negacionismo bárbaro de Bolsonaro e militares está levando ao colapso nacional da saúde e chegando à marca de 4 mil mortes diárias. Ao mesmo tempo, os governadores de diferentes estados posam de oposição ao negacionismo de Bolsonaro, mas insistem em restrições anárquicas, sem direito à quarentena para boa parte da população, levando trabalhadores a se exporem ao vírus e amargarem na miséria e desemprego. É preciso dar um basta a essa política da morte levada a frente pelo governo Bolsonaro, os militares, governadores, Congresso e STF.

Leia mais: Não podemos esperar 2022! Organizar nossa classe contra Bolsonaro, Mourão e os golpistas




Tópicos relacionados

Governadores   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os golpistas   /    MORTES COVID-19   /    COVID-19   /    Pandemia   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Coronavírus   /    Militares na política   /    Política

Comentários

Comentar