Política

ELEIÇÕES 2020

Segundo turno no Rio de Janeiro será entre Paes e Crivella

Apuração mostra segundo turno entre candidato do DEM e do Republicanos.

segunda-feira 16 de novembro| Edição do dia

Eduardo Paes teve 37,01% dos votos válidos e Marcelo Crivella, 21,90%. Os dois irão decidir a eleição no dia 29 de novembro. Segundo dados do TSE, Paes teve 974.804 votos e Crivella teve 576.825.

Martha Rocha (PDT), que não foi para o segundo turno, ficou com 297.722 votos.

As eleições no Rio de Janeiro tiveram 32,79% de abstenção, 6,54% votos brancos e 12,69% votos nulos.

Eduardo Paes, que foi 2 vezes prefeito do Rio de Janeiro, chegou ao seu local de votação pela manhã, acompanhado da mulher e dos filhos e agradeceu a população. “Nesses últimos 45 dias a gente andou pela cidade toda, discutiu o Rio, debateu o Rio, e hoje é o momento em que a população vem soberana para as urnas e decide quem vai ser o futuro prefeito da cidade”.

Não podemos esquecer que o mesmo propõe cuidar da saúde a partir de uma nova gestão, mas abriu mal dela nos preparativos para os jogos olímpicos de 2016 e também transformou a saúde carioca num campo de corrupção e desvios das verbas públicas. Denunciamos aqui no Esquerda Diário os 4 momentos em que sua gestão deixou totalmente a mercê à vida dos cariocas, destruindo a saúde do Rio de Janeiro.

Marcelo Crivella, atual prefeito do Rio de Janeiro, que tenta se reeleger, também votou pela manhã, acompanhado da mulher e de seu filho. Crivella contou com o apoio de Bolsonaro e afirmou que o segundo turno é uma “nova eleição” e também agradeceu aos eleitores.

Não podemos esquecer que o mesmo governou para as igrejas e empresários, sendo sua gestão marcada pelos cortes de mais de R$800 milhões na saúde. Como se não bastasse isso, ainda pagou funcionários públicos para ficar de plantão na porta dos hospitais com o objetivo de impedir que a população pobre fale e denuncie problemas da saúde à imprensa.

Leia mais: https://www.esquerdadiario.com.br/E....




Tópicos relacionados

Eleições municipais 2020   /    Eduardo Paes   /    Marcelo Crivella   /    Rio de Janeiro   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar