×

Dia Nacional de Mobilização | Marcello Pablito: A luta justiça por Genivaldo deve ser levantada no 9J por todo o país

Amanhã será um dia de luta nacional contra os cortes na educação e a PEC 206, mas também de luta por justiça a Genivaldo. Bolsonaro acabou de anunciar novo corte de 14%. Foi ele também que minimizou a morte de Genivaldo e o chamou de marginal. Publicamos a declaração de Marcelo Pablito.

Marcello Pablito Trabalhador da USP e membro da Secretaria de Negras, Negros e Combate ao Racismo do Sintusp.

quarta-feira 8 de junho | 16:14

“A extrema direita sempre quando pode mostra pro país inteiro toda sua herança escravocrata, aplaudindo chacinas, comemorando a morte de negros e negras em operações policial, ou como foi o caso de Genivaldo, justificando o assassinato de um negro com um câmara de gás no carro da Polícia Rodoviaria Federal.

É essa mesma extrema direita representada pelos militares e Bolsonaro que vem desde o governo federal cortando verbas da educação, precarizando ainda mais as universidades e institutos federais, algumas a ponto de anunciarem que terão que fechar suas portas. Esse mesmo governo Bolsonaro atrasou e cortou repasses de verbas para contenção de encostas para o Recife e hoje vemos essa tragédia capitalista que deixou 129 e 128 mil pessoas que precisaram deixar suas casas. Isso com a ajuda do PSB que além de cortar investimentos na área habitacional e de contenção de deslizamentos, pagou bilhões de reais ao longo dos anos de governo de dívida pública, enriquecendo banqueiros nacionais e internacionais.

Por isso é necessário que se unifique as lutas em curso numa só, tanto as entidades estudantis quanto as sindicais precisam construir atos nacionais no 9J não apenas contra o bolsonarismo, mas também contra os ataques dos distintos atores desse regime político. É preciso que UNE construa um dia de paralisação construído desde a base para que possamos mostrar todo nosso ódio contra essas extrema direita racista e também o STF e o Congresso que vieram atancando os direitos do povo negro e pobre.

Não podemos cair na estratégia eleitoral que as centrais sindicais dirigidas pelo PT ou que apoiam Lula vem fazendo de dar uma trégua ao combate à extrema direita nas ruas, para canalizar os descontentamento do governo Bolsonaro nas eleições, elegendo uma chapa com o não menos racista Alckmin.

Nesse 9J saiamos à rua para impor justiça a Genivaldo! Mostrando para essa extrema direita racista que tanto comemorou as chacinas recentes, minimizou as mortes do deslizamentos e enchentes em Alagoas e Pernambuco e querem precarizar ainda mais as universidades, que combatemos nossos inimigos nas ruas, de forma independente e sem conciliação de classes.”




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias