×
Rede Internacional

Ex-esposa de Pazuello diz: "o terror e os abusos que sofri desse homem são da base do horror"

Ex-esposa do general Eduardo Pazuello, que já declarou em suas redes sociais ser contra o governo de Bolsonaro, disse que com a chegada da pandemia ela resolveu cortar de vez relações com o general, se referindo a separação, e conta que não chegou a buscar a CPI, mas sim o contrário.

segunda-feira 28 de junho | Edição do dia

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ex-esposa do general Eduardo Pazuello, que já declarou em suas redes sociais ser contra o governo de Bolsonaro, disse que com a chegada da pandemia ela resolveu cortar de vez relações com o general, se referindo a separação, e conta que não chegou a buscar a CPI, mas sim o contrário.

Em print do Instagram deste domingo, 29, Andrea dá sua versão sobre o episódio da CPI e conta parte do que viveu na relação com Pazuello.

“Sempre fui anti-governista. Na chegada da carnificina (pandemia) e por tudo que sei, resolvi me desvencilhar de vez. Aos que dizem que sou mal amada, amargurada, traída e mal educada, só erra no mal educada. O terror e os abusos que sofri desse homem são da ordem do horror. Mas eu não procurei a CPI, foi o contrário. Não colocaria a integridade física e moral da minha filha e da minha. Essa gente é perigosíssima”.

De acordo com matéria publicada na coluna de Lauro Jardim ontem, 27, no Globo, Andrea Barbosa teria buscado a CPI com intenção de prestar um depoimento. Ao fim do dia, a jornalista Patrícia Lélis desmentiu a notícia anterior, questionando Jardim pelo twitter se ele teria procurado Andrea.

“Conversei com a Andrea Barbosa, ex-esposa de Pazuello. Ela não procurou ninguém da CPI para dar depoimento, e não dará! Muito me choca alguns jornalistas/políticos terem feito isso com ela, sem pensar em sua segurança. Tudo na vida tem que ter limite”, escreveu Patrícia.

Patrícia Lelis fez uma postagem no Facebook relatando que desde que saiu na mídia que Andrea iria depor na CPI ela está sofrendo represálias e ameaças. Prints do perfil do seu Facebook estão circulando na internet, dando destaque para seu posicionamento anti-governo.

Dentre os prints retirados do perfil privado de Andrea consta um que compartilha uma notícia do escândalo do oxigênio em Manaus durante a pandemia, que teve seu ex-marido, na época ministro da Saúde, como pivô. Outra postagem tirava sarro de Eduardo Bolsonaro. Uma terceira postagem era um recado direcionado a Pazuello, relatando que a filha, de 13 anos, recebeu mensagens violentas no celular durante o caos no Amazonas.

“Ministro, que eu não reconheço mais como a pessoa humana que estive ao lado durante tantos anos, faço um pedido delicado: por amor à filha que você diz ser o único e grande amor da sua vida, sai disso. Apenas sai disso”.

Uma antiga foto de perfil de Andrea Barbosa explicita sua posição política com o uso do filtro “mulheres contra Bolsonaro”, abaixo de sua imagem.

Leia também: A CPI dos golpistas não vai derrotar Bolsonaro e Mourão! Por uma paralisação nacional já!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias