×

Precarização | Lixo no Hospital das Clínicas da UNICAMP deixa trabalhadores em risco

Trabalhadores denunciam a falta de condições de higiene no Hospital das Clínicas da UNICAMP.

quarta-feira 9 de fevereiro | Edição do dia

Desde o início do ano o Hospital das Clínicas da UNICAMP, o principal hospital da cidade de Campinas, vem sofrendo com um grave problema de falta de coleta dos resíduos hospitalares no período noturno. Com o aumento do número de internações devido à explosão de casos de Covid os riscos são grandes para os trabalhadores do hospital, principalmente as trabalhadoras terceirizadas da limpeza, que são quem tem menos direitos e mais risco de serem demitidas caso adoeçam.

Não é a primeira vez que os trabalhadores da saúde da Unicamp, efetivos e terceirizados, que estão na linha de frente do enfrentamento da pandemia, sofrem sem condições adequadas para o trabalho. No ano passado foram desde situações de falta de materiais básicos como máscaras , fazendo os trabalhadores utilizarem o mesmo item por sete dias seguidos, até falta de lugar adequado para o descanso dos trabalhadores terceirizados em seu horário de almoço.

A terceirização mata e humilha os trabalhadores, atingindo em especial as mulheres negras. Desde a reforma trabalhista de Temer e o governo Bolsonaro, a terceirização foi amplamente estimulada e incentivada. Dória que se diz oposição ao governo, apoiou todas essas medidas. Não esqueçamos que foi também nos governos do PT que a terceirização triplicou e que esse partido não pretende revogar nenhuma das reformas nefastas implementadas pela extrema direita como Bolsonaro.

A política de terceirização por esses governos, é apoiada aqui e levada pela reitoria da UNICAMP, que a expande cada vez mais enquanto não contrata servidores efetivos e nem concede reajuste, mantendo os terceirizados em péssimas condições de trabalho e beneficiando as empresas de terceirização.

Devemos construir uma grande luta unificada contra a precarização do trabalho e pela revogação da Reforma Trabalhista. Também lutando pela unidade entre efetivos e terceirizados, lutando para acabar com a terceirização e contratação de todos os trabalhadores terceiros, com os mesmos direitos dos efetivos sem a necessidade de concurso público.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias