Sociedade

ESPECIAL BRUMADINHO

[ESPECIAL] Um ano do crime em Brumadinho: por uma Vale estatizada sob gestão operária e controle popular

Um ano do crime da Vale em Brumadinho; um ano de descaso dos empresários, governos e justiça, e sofrimento daqueles que viram suas vidas arrastadas pela lama tóxica da mineradora. Publicamos aqui uma série de textos para contribuir na batalha contra a ganância capitalista.

sábado 25 de janeiro| Edição do dia

Há um ano ocorria o crime da Vale em Brumadinho, que deixou 259 pessoas mortas e 11 ainda desaparecidas, o maior “acidente” de trabalho da história do país. Um crime recorrente, pouco menos de três anos após o rompimento da barragem da mesma empresa em Mariana (junto à anglo-australiana BHP Billiton, dona da outra metade da Samarco), que havia sido o maior “desastre ambiental” da história do país.

Neste um ano Zema (Novo) e Bolsonaro buscaram, junto do judiciário, livrar a empresa de punição e permitir a continuidade de um modelo destrutivo de mineração, ampliar a privatização e a mercantilização dos recursos naturais.

O Esquerda Diário está do outro lado da luta, pela punição da empresa, reparação às vítimas e por medidas efetivas para que nunca mais aconteçam crimes como os de Brumadinho e Mariana. Por isso lutamos por uma Vale estatizada sob gestão dos trabalhadores e controle popular. Publicamos este especial mostrando a vida em Brumadinho um ano após o rompimento da barragem, a conivência de Zema, Bolsonaro e da justiça ao longo do ano, elaboração sobre a sustentabilidade na mineração e sobre as causas da tragédia em Brumadinho, entre outros textos.

"A Vale? Amarga" - um ano do crime social e ambiental em Brumadinho

A propósito de 1 ano do crime da Vale em Brumadinho: o fim da mineração é a solução?

“É dia 25 todo dia”: um ano depois do crime da Vale e a cidade está doente

Antecedentes: como o lucro assassino da Vale foi incentivado pelos governos e pela justiça

Ministério Público de MG tenta mascarar a impunidade à Vale, poucos dias antes de completar um ano do crime de Brumadinho

Drummond, modernismo e a defesa a Aleijadinho contra a mineração

Vítimas das barragens em risco: o fantasma do medo de rompimentos como o de Brumadinho

Pelo menos 50 barragens em MG tem alto risco de rompimento

Cúmplices da Vale: um ano de conivência de Bolsonaro e Zema com o crime em Brumadinho




Tópicos relacionados

Especial Brumadinho   /    Brumadinho    /    Romeu Zema   /    Governo Bolsonaro   /    Vale    /    Minas Gerais   /    Tragédia Mariana   /    Sociedade   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar