Política

ELEIÇÕES 2016

PSDB vence, no primeiro turno, na importante cidade de São José dos Campos

Guilherme de Almeida Soares

São José dos Campos

segunda-feira 3 de outubro| Edição do dia

O tucano Felicio Ramuth foi eleito prefeito da cidade de São José dos Campos - SP para os próximos quatros anos. De acordo com o site do TSE, Ramuth levou 62,2% dos votos validos, enquanto Carlinhos de Almeida do PT, atual prefeito da cidade recebeu 21,6% dos votos validos. Em terceiro lugar ficou Shakespeare do PRB, que recebeu 12,12% dos votos validos, o quarto lugar ficou com Claude Moura do PV com 2,43% dos votos validos, quinto Toninho Ferreira do PSTU com 1,24% dos votos validos e em último lugar ficou Luiz Carlos do PEN com 0,36% dos votos.

De acordo com o site do Supremo Tribunal Eleitoral, 19,37% dos eleitores se abstiveram nestas eleições. Este número é superior aos votos conquistados pelo candidato à reeleição Carlinhos de Almeida do PT. Já votos Brancos foram 3,51% e votos nulos foram 6,94%.

Depois de quatro anos de mandato petista, o PSDB volta a estar na frente da prefeitura de São José dos Campos. As eleições municipais ocorrem num momento onde o país passa por uma crise econômica e política, crise está que está levando ao enfraquecimento do PT. Conforme escrevemos em outros artigos, de um lado o enfraquecimento do PT se deve ao fato deste partido quando estava no governo ter governado para os ricos, de ter feito acordos espúrios com grandes empreteiras, mas de outro lado é reflexo da ofensiva da Lava Jato contra o PT.

Por sua vez, as eleições de São José dos Campos refletem o fortalecimento eleitoral do PSDB no país. Uma destas causas deste fortalecimento eleitoral é o PSDB se mostrar para a população que estes realizam uma gestão eficiente, que não seriam políticos, e ao contrário do PT que ’’gasta de mais’’ e do PMDB que não consegue ’’aplicar as medidas necessárias para fazer com que o país cresça’’. Por trás deste discurso, mostra a intenção clara do PSDB em buscar uma melhor localização para atacar os trabalhadores e os demais setores populares da sociedade.

Frente de Esquerda não conseguiu canalizar a crise do petismo em São José dos Campos

Uma das coisas que chamou atenção na eleição é a baixa votação da frente de esquerda formada pelo PSTU - PSOL, seja para prefeitura e também para vereador. Nesta cidade, a maior força da esquerda é o PSTU que capitaneou a frente.

Conforme já falamos aqui, o candidato a prefeito Toninho Ferreira do PSTU recebeu 1,24% dos votos validos. Já para vereador, o mais votado da frente de esquerda foi candidato Gradella, dirigente histórico do PSTU na região, com 591 votos. Em seguida vem o Cabral dos Quimicos, que conseguiu 475 votos e em terceiro o candidato do MAIS pela legenda do PSTU, Renatão com 441 votos. Em quarto lugar, ficou o candidato do PSTU Marcilio Carteiro com 227 votos e em quinto o diretor histórico do Sindicato Metalurgicos de São José dos Campos e dirigente do PSTU, Mancha com 185 votos. Em sexto ficou o Hebert, PSTU, com 133 votos e terminando a votação Janaína do PSTU com 116 votos.




Tópicos relacionados

Eleições 2016   /    Vale do Paraíba   /    Política

Comentários

Comentar