Política

POLÍTICA

Educação é tudo: Queiroz pagou mensalidade de escola das filhas de Flávio Bolsonaro, segundo MP do Rio

quinta-feira 18 de junho| Edição do dia

A pergunta foi respondida, Queiroz estava na casa do advogado de Flávio Bolsonaro. Agora, a nova notícia é que, de acordo com o MP do Rio de Janeiro, Queiroz pagou mensalidades escolares das netas do presidente, filhas do senador Flávio Bolsonaro.

As provas foram apresentadas à Justiça junto com o pedido de prisão. As provas sustentariam a tese do MP de que Queiroz, na prática, era um tipo de operador financeiro de Flávio. As imagens apresentadas mostram Queiroz efetuando pagamentos no caixa de um banco. De acordo com um dos promotores, data, horário e valores são compatíveis com o pagamento das mensalidades. As mensalidades seriam referentes a outubro de 2018.

O esquema que levou o ex-PM Fabrício Queiroz a se refugiar na casa de luxo em Atibaia, conhecido como "rachadinha", envolvia a família Bolsonaro e os assessores parlamentares acusados de lavagem de dinheiro. Agora, os indícios apontam o papel que Queiroz cumpria, que seria de coletar o dinheiro dos funcionários do gabinete e depositar de acordo com os interesses de Flávio.

Em seu recente tweet, Flávio Bolsonaro disse que "a verdade prevalecerá". Fica a pergunta: por que o Queiroz estava na casa de seu advogado? Por que pagava as mensalidades de suas filhas? Sobre isso, os 280 caracteres deu seu tweet não versam.

O desenrolar dessa operação, com seus novos indícios, fornece novas dificuldades para Bolsonaro responder ao judiciário. Em suas declarações recentes têm elevado o tom das respostas, dando um tom mais autoritário, repetindo declarações golpistas, tudo na tentativa de submeter o Judiciário ao Executivo, numa disputa em aberto do regime golpista.




Tópicos relacionados

Fabrício Queiroz   /    Política

Comentários

Comentar