Juventude

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

DA da UERN convoca estudantes para ato contra a Reforma da Previdência estadual

Para os dias 3 e 4 de fevereiro está sendo chamada pelos sindicatos de servidores a construção de uma greve geral no Rio Grande do Norte contra a Reforma da Previdência de Fátima Bezerra (PT), que assume a nível estadual parte do programa de Bolsonaro e a corja golpista de ajustes fiscais contra os trabalhadores para responder a crise.

quinta-feira 30 de janeiro| Edição do dia

Reproduzimos aqui postagem do Diretório Acadêmico da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) chamando os estudantes a compor a greve e o ato unificado no dia 3 de fevereiro:

A reforma apresentada pelo Governo estadual se alinha com o discurso do governo federal que já foi explicitado na PEC 6/2019 que veio a se tornar a reforma da previdência, o que representa um retrocesso para os direitos dos servidores e aposentados do nosso estado. Nesse cenário o Diretório Acadêmico Darcy Ribeiro em solidariedade aos trabalhadores do RN, e, particularmente aos servidores da UERN, faz questão de tomar posição contrária ao projeto - que está sendo apresentado -. Pelos direitos dos servidores, dizemos NÃO a reforma da previdência."

Confira aqui a postagem no Instagram.

Nós do Esquerda Diário nos incorporamos ao chamado dos companheiros para que juventude e trabalhadores estejam na linha de frente para barrar essa reforma que quer fazer com que trabalhemos até morrer.

Todos à greve geral e ao ato unificado nos dias 3 e 4 de fevereiro contra a Reforma da Previdência de Fátima Bezerra.




Tópicos relacionados

Fátima Bezerra (PT)   /    Governo Bolsonaro   /    Natal   /    Reforma da Previdência   /    Juventude

Comentários

Comentar