Sociedade

RIO DE JANEIRO

Ao invés de construir escola, Crivella doa terreno para Sociedade Bíblica do Brasil

quinta-feira 9 de janeiro| Edição do dia

Em atendimento a lei de zoneamento do Rio de Janeiro, uma construtora teve que doar um terreno localizado na Av. Dom Hélder Câmara para a construção de uma unidade de ensino. Entretanto, esse não foi o destino dado ao terreno pelo prefeito carioca Marcelo Crivella.

A lei de zoneamento carioca obriga que empreendimentos com mais de 500 unidades residenciais cedam um lote para a construção de escola.

Na surdina, num decreto do começo do ano passado Crivella decretou que o terreno não seria mais destinado a construção de uma escola e cedeu o espaço para utilização da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB).

Reportagem do site Blog do Berta, informou que por inúmeras vezes buscou informações relativas ao processo junto a prefeitura, a partir da Lei de Acesso a Informação. Entretanto a prefeitura apresentou desculpas como a de o gerente responsável estar de férias, até o cúmulo do extravio do processo, para impedir a reportagem de ter acesso ao processo.

O prefeito Crivella mais uma vez mostra como está mais preocupado em como beneficiar seus aliados das igrejas e organizações próximas do que agir em benefício da população.

Desde a facilitação com dívidas do IPTU e o agendamento de cirurgias de catarata até a censura aos HQs LGBTS na Bienal do Livro, a administração Crivella já deu inúmeros exemplos de sua relação clientelista com sua base de apoio evangélica.

Frente a todos esses escândalos é necessário reafirmar o caráter laico do Estado. Igreja e Estado são assuntos separados!

Veja mais: Não é de hoje que Crivella trata a prefeitura como um "departamento” da Igreja Universal




Tópicos relacionados

Marcelo Crivella   /    Sociedade   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar