Mundo Operário

PARALISAÇÃO NA UNICAMP

Trabalhadores da Unicamp paralisam nesta quinta, 17

Nesta quinta-feira (17), os trabalhadores da Unicamp irão paralisar junto com os trabalhadores e professores das estaduais paulistas contra o arrocho salarial, a chamado do fórum das 6 (que reúne representantes das entidades dos estudantes, professores e funcionários das 3 estaduais paulistas), e realizarão um ato unificado em São Paulo neste dia, com o intuito de pressionar o Cruesp (que reúne os reitores da USP, Unesp e Unicamp) pelo ajuste do salário em 12,6%, fruto de uma política de defasagem de anos por parte da reitoria, desse órgão do estado junto com Alckmin.

quarta-feira 16 de maio| Edição do dia

Os trabalhadores, que se deparam com o congelamento de mais de quatro anos do auxílio alimentação, com o corte das GR’s, aumento do bandejão, enxugamento dos postos de trabalho e sobrecarga principalmente na área da saúde, vão paralisar também contra a deterioração das condições de trabalho e o desmontes das universidades públicas. O ato acontecerá em São Paulo, às 11:30h todos se encontrarão em frente ao antigo MAC. Na Unicamp, já saiu o calendário de luta do STU, inclusive com atividades que acontecerão na universidade.

Confira:

Nós, da Faísca - Anticapitalista e Revolucionária, estaremos no ato lado a lado dos trabalhadores em defesa de suas reivindicações. É essencial que a luta dos estudantes e trabalhadores seja unificada para combater a mesma reitoria que pune os alunos que lutaram na greve. Na USP, alunos de alguns cursos deram um grande exemplo votando paralisação para o mesmo dia, fortalecendo a luta dos trabalhadores.

Em várias unidades foram aprovadas atividades unificadas entre professores, estudantes e funcionários dos cursos para debater sobre os motivos da paralisação. Que tomemos esse exemplo na Unicamp. Os centros acadêmicos e o DCE, dirigido pela gestão do Apenas Alunos, devem estar completamente à disposição dessa luta, organizando os estudantes para se mobilizar.




Tópicos relacionados

Trabalhadores   /    Educação   /    Unicamp   /    Universidade   /    Campinas   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar