Mundo Operário

CRISE NO RIO

Trabalhadores da CEDAE doam sangue pelo Rio

Com o lema "sangue é vida, água é vida", dezenas de trabalhadores da CEDAE compareceram hoje ao Hemorio do Rio de Janeiro nessa segunda-feira, 6, para doar seu sangue para a população do Rio de Janeiro. Eles iniciarão uma greve contra o projeto de privatização da companhia de água e esgoto, que faz parte do pacote articulado entre Temer e Pezão e tem votação prevista para essa semana na ALERJ.

segunda-feira 6 de fevereiro de 2017| Edição do dia

Em mais uma demonstração de que sua luta é pelos direitos de toda a população, dezenas de trabalhadores da CEDAE compareceram na manha dessa segunda-feira, 6, ao Hemorio do Rio para doar sangue para os estoques dos hospitais, com o lema de "Sangue é vida, água é vida". Eles estão fazendo um chamado para que mais trabalhadores da companhia compareçam e doem sangue.

Eles estão em luta pela defesa da água como um bem público e não como mercadoria, e que iniciarão uma greve para lutar contra a privatização nessa terça-feira, 7, e participarão ao lado de outras categorias das mobilizações em frente à ALERJ durante essa semana para lutar contra a aprovação do pacote de Pezão e Temer pelos deputados estaduais.

A equipe do Esquerda Diário esteve presente e Carolina Cacau, estudante da UERJ e professora da rede pública, também doou sangue com os trabalhadores em apoio à luta.




Tópicos relacionados

CEDAE   /    Crise no Rio de Janeiro   /    Rio de Janeiro   /    Rio de Janeiro   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar