Política

EXÉRCITO EM BRASÍLIA

Temer recua de colocar o exército nas ruas

quinta-feira 25 de maio| Edição do dia

Por meio de uma edição extraordinária no “Diário Oficial da União”, Temer recua na convocação do exército às ruas, perante repercussão bastante negativa de diversos setores do governo, juristas, dentre outros setores, com um decreto que remete aos tempos mais escuros da ditadura.

A medida gerou críticas até mesmo de apoiadores como Rodrigo Maia e prometia incendiar ainda mais a situação nacional marcada pela entrada em cena da classe trabalhadora com a greve geral do dia 28 de abril e a continuidade dessa politização e vontade de lutar na marcha de ontem que reuniu mais de cem mil pessoas em Brasília, resistindo por horas à selvagem repressão. Portanto, a revogação da medida não apaga o autoritarismo que expressa essa decisão combinada a toda ofensiva repressiva do presidente golpista.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar