Mundo Operário

REFORMA TRABALHISTA

Patrões oferecem salário de R$ 180 antes mesmo de reforma trabalhista entrar em vigência

Empresa faz anúncio de emprego oferecendo salário de R$180 por mês para empregados, sem esperar entrada da Reforma Trabalhista em vigor dia 11/11.

quinta-feira 26 de outubro| Edição do dia

Mal a reforma trabalhista foi aprovada e os empresários, com sede de lucro, já estão colocando-a em vigor. A rede de franquias Sá Cavalcante (dos restaurantes Bob’s, Spoleto, Balada Mix e Choe’s Oriental Gourmet) está oferecendo vagas em restaurantes, comuns em shopping, com salário de R$4,45 por hora, com carga mínima de 5 horas de trabalho aos sábados e domingos (dias de maior movimento nos shoppings).

A propaganda da empresa apresenta a vaga como uma grande oportunidade de emprego, porém sabemos que a realidade de trabalhadores de restaurantes de shopping não é bem essa. As funções desempenhadas pelo novo funcionário serão: limpeza do ambiente, utensílios e equipamentos; pré-preparo de alimentos; manter refeições, sobremesas e bebidas; além de atender os clientes. Tudo isso por cerca de R$180 por mês, o que não dá nem para pagar o transporte até o trabalho.

A vaga fornecida no anúncio segue à risca a linha da Reforma Trabalhista, recém aprovada pelo golpista Temer, e tem como um de seus principais ataques a legalização do trabalho intermitente (o trabalho esporádico, pra "preencher buraco" das empresas que podem, assim, contratar trabalhadores sem direitos trabalhistas assegurados), assim como outros ataques como o preocupante ponto do "acordado sobre o legislado", no qual se coloca em risco eminente os acordos coletivos vigentes.

Ou seja, no limite os trabalhadores terão que escolher se terão empregos com menos direitos, ou não ter empregos frente ao enorme índice de desempregados no país. A direita, que quer aplicar essa reforma, afirma que a ela gerará mais trabalho, porque os trabalhadores brasileiros são “muito caros” e têm “muitos direitos”, mas não levam em conta que o trabalho informal no Brasil já é uma realidade de mais de 40% dos trabalhadores, como podem conferir aqui.

LEIA TAMBEM Novos contratados têm salário 22,24% menor de que trabalhadores demitidos

Essa Reforma tem como objetivo precarizar ainda mais as condições de trabalho para garantir o lucro dos empresários. É um ataque direto aos direitos conquistados em anos de luta dos trabalhadores. Por isso se faz necessário retomar o caminho da luta para colocar abaixo esta reforma, assim como impedir a aprovação da Reforma da Previdência.

[a vaga anunciada pode ser vista neste site: https://vixrh.com/vagas-de-empregos-para-atendente-na-sa-franquias/]

PODE TE INTERESSAR

- Os desafios do Esquerda Diário e do MRT para fortalecer uma voz anticapitalista no Brasil

- Reforma trabalhista: quanto pior o trabalho, maiores os lucros capitalistas




Tópicos relacionados

Reforma Trabalhista   /    Trabalho Precário   /    Governo Temer   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar