Educação

REPRESSÃO

PM desocupa escola sem mandado e com armas em Piracicaba

Como parte do movimento contra a PEC 241, a Escola Estadual Pedro Moraes Cavalcanti foi ocupada pelos estudantes na última terça-feira (25). Os estudantes foram surpreendidos no dia seguinte pela ação da Polícia Militar, que mesmo sem mandado desocupou a escola coagindo os alunos.

quinta-feira 27 de outubro| Edição do dia

Assim como em mais de 1000 escolas do país, os estudantes de Piracicaba, no interior de São Paulo, decidiram ocupar a instituição de ensino contra a PEC 241, a reforma do Ensino Médio e o Escola Sem Partido. No caso da E. E. Pedro Moraes Cavalcanti, a coordenação trancou os portões com os estudantes dentro, e eles tiveram que forçar sua abertura para permitir a entrada de outros alunos e de apoiadores.

Segundo o relato dos secundaristas, publicado pelo portal Vice, por volta das 18h, quando a escola estava esvaziada pois a maioria das pessoas tinham saído para tomar banho, eles foram surpreendidos com a ação da PM. Os policiais, fortemente armados, pularam o portão da escola, que continuava trancado, e foram em direção ao prédio onde estavam os jovens.

Ao encontrá-los foram questionados se tinham mandado. A resposta do policial foi que não, mas que teriam uma suposta ordem verbal do Secretário de Segurança Pública. Os estudantes ainda relataram que foram ameaçados pelo policial, que disse que tirariam os estudantes de qualquer jeito, ou saíam por "bem" (na mira das armas da polícia), ou saíam "na porrada", o método mais utilizado pela PM nesses casos.

Os estudantes, que estavam no início de seu movimento e certamente não estavam preparados para tamanha ofesiva da repressão, se renderam e deixaram o prédio. A prática de repressão sem ordem judicial é defendida pelo golpista Temer e inclusive já foi aplicada por Alckmin em outras ocupações, como denunciamos aqui.

A mesma PM que mata todos os dias nas periferias, vai às escolas ocupadas reprimir os estudantes e cumprir sua função de cães de guarda do Estado capitalista. O temor de que as ocupações voltem a invadir massivamente São Paulo, como em 2015, leva a ações absurdas do governo. Repudiamos essas ações da PM de Alckmin, todo apoio aos lutadores da Piracicaba e de todo o país!




Tópicos relacionados

PEC 241/55   /    #OCUPATUDO   /    Ocupação Escola   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar