Educação

CORTES NA EDUCAÇÃO

Novas regras do MEC prejudicarão UFRJ e UFF

Novas regras pra distribuição de recursos do MEC para as universidades seriam "empregabilidade e inovação" e não o número de alunos, o que prejudicaria Universidades maiores como a UFRJ e UFF.

segunda-feira 19 de agosto| Edição do dia

Após anunciar os cortes à educação no início e o Future-se, os ataques à educação do governo Bolsonaro não param. Conforme anunciado pelo jornal O Globo, o MEC está estudando mudar as regras do repasse de verbas às universidades.

De acordo com as novas regras os critérios seriam "governança, empregabilidade e inovação", ao invés da atual, que leva em conta o número de alunos. Esses critérios, totalmente arbitrários, podem ser utilizados como forma de perseguição política e ataque à autonomia universitária.

Este critério poderá valer ainda esse ano, caso, em setembro, o governo libere parte verba "contigenciada" no início do ano, como promete.

Com essa medida, universidades como UFRJ e UFF, cujo os recursos atuais mal conseguirão fechar esse mês e não terá recursos para mês que vem, serão prejudicadas.

Por isso, se faz necessária a ampla mobilização dos estudantes contra mais esse ataque desse governo da extrema direita!




Tópicos relacionados

Weintraub   /    UFRJ   /    Educação   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar