Política

MEIOS DE COMUNICAÇÃO

La Izquierda Diario não para de crescer

Cresce o alcance do jornal, cada vez mais trabalhadores, mulheres e jovens tomam-no como seu. Mais que um meio de comunicação, um meio para a resistência. Um crescimento que já é tendência.

quinta-feira 14 de julho de 2016| Edição do dia

O La Izquierda Diario vem ampliando suas coberturas e variedades de temas não somente sobre a política nacional e internacional, mas também de gênero, cultura, esporte, ciência e com a cobertura mais completa da resistência aos ajustes do governo nacional e dos governos provinciais (dos Estados).

Com mais de 100 notas diárias e entrevistas com destacados jornalistas como Carlos Pagni e Horacio Verbitsky, o La Izquierda Diario começa a cravar espaço nos grandes meios de comunicação. “Uma experiência muito inovadora de jornalismo na Internet”, assim qualificou o jornalista Ernesto Tenembaum.

Uma cobertura nacional, que poucos meios possuem, se soma a um programa semanal de TV online conduzido por Nicolás del Caño e Christian Castillo. Desta maneira, o La Izquierda Diario já se encontra no nível de importantes meios de comunicação da Argentina, mas com uma dinâmica cada vez maior de crescimento.

A partir de 1º de Maio implementamos um novo desenho gráfico no jornal e na Rede Internacional, mais profissional, estimulando que os leitores permaneçam mais tempo no site.

Isto se dá em momento fértil, no meio de um crescente rechaço contra o ajuste do governo Macri e em meio de uma crise do kirchnerismo e de seus meios.

Desta maneira, desde o ano passado, o La Izquierda Diario duplicou o número de acessos ao site, em particular desde as eleições de outubro de 2015, superando dois milhões de visitantes por mês. Enquanto o download de aplicativos para celular também duplicou nos últimos 7 meses.

Mas o que se destaca é que esta tendência de crescimento vem acelerando, em particular durante as últimas semanas, a partir de posta em marcha uma renovação permanente de notícias durante todo o dia dos mais diversos temas, com uma cobertura a nível nacional e centenas de correspondentes.

Nos últimos dias tivemos uma curva no acesso, alcançando mais de 100 mil leitores por dia. Seguramente, julho termina sendo um novo mês recorde para o La Izquierda Diario, potencializando desta maneira uma voz independente dos capitalistas e fortalecendo a luta dos trabalhadores, mulheres e da juventude.

Com conteúdo atrativo e de diferentes formatos, o La Izquierda Diario se impôs nas redes sociais como a voz e a fonte de informação e denúncias da esquerda. Em julho superamos a marca de cem mil curtidas no Facebook, amplificando nosso alcance para mais de um milhão de usuários que vêm nossas publicações semanalmente.

No fim de semana passado, o Congresso do PTS resolveu potencializar ainda mais esta fonte, e decidiu: “impulsionar uma extensa rede nacional de milhares de correspondentes trabalhadores, mulheres e da juventude, que diariamente publiquem notas no diário da esquerda sobre o que acontece em seu mundo do trabalho, bairros, colégios e faculdades, assim como, também, opiniões sobre a situação política nacional e internacional, a defesa das liberdades democráticas, etc.”

O objetivo:

Que o La Izquierda Diario se constitua em um meio com influência massiva, que seja o instrumento político do povo trabalhador que luta pelas suas reivindicações e em defesa de seus direitos.

Mas este crescimento não se dá somente na Argentina. O La Izquierda Diario é parte de uma ativa Rede Internacional de Diários em 5 idiomas, cuja influência vem crescendo em cada um dos 11 países nos quais a Rede está presente.

A Rede Internacional de Diários, é uma experiência inédita a nível internacional, uma nova forma de fazer jornalismo revolucionário, de onde os autores não se limitam a descrever a realidade, mas também são protagonistas e parte da luta de classes que se desenvolve em cada um dos seus países, expressando a voz dos setores mais oprimidos que não tem espaço nos grandes meios.

Um papel fundamental está cumprindo, nas últimas semanas, o site Révolution Permanente da França, que vem expressando a luta contra a reforma trabalhista que tenta ser imposta neste país e que tem sido elogiado por importantes intelectuais reconhecidos a nível internacional.

Também o La Izquierda Diario do México, tem estado na primeira fileira da luta dos docentes mexicanos contra a reforma educacional e a brutal repressão. Assim como o Esquerda Diário, no Brasil que cresce ao calor da luta contra o golpe. Por sua vez, pode-se encontrar uma versão em inglês, Left Voice, que a pouco cumpriu um ano e começa a estender-se pelos Estados Unidos, em meio a uma crescente polarização social.

Te convidamos a conhecer as edições da Rede Internacional do La Izquierda Diario visitando seus sites:

Você pode ser parte do La Izquierda Diario, escrever para o jornal e somar-se a rede de correspondentes.




Tópicos relacionados

Ciência e Tecnologia   /    Tecnologia   /    Política

Comentários

Comentar