Juventude

MANIFETAÇÃO

Jovens convocam trabalhadores as ruas contra os ataques de Alckmin

sábado 11 de junho de 2016| Edição do dia

"Revolta do Vinagre, Parte 2" é um ato convocado de maneira espontânea entre jovens estudantes e trabalhadores. Não excludente, convoca todos, a Classe trabalhadora, os estudantes, os movimentos sociais e todos aqueles que vêem no Governo do PSDB, representado na figura do governador Geraldo Alckmin, um grande inimigo dos serviços públicos oferecidos pelo Estado. Mas que sabem que São Paulo é só um exemplo do que acontecerá por todo o país caso sua política permaneça no governo federal, uma vez que PSDB, de Alckmin, Serra e Aécio; e PMDB, de Temer, Cunha e Renan Calheiros, são aliados na aplicação do pacote de maldades neoliberal que, só de ser anunciado, já virou motivo de revoltas.

Este ato vem num momento onde os holofotes estão voltados para Temer e o Governo Federal, enquanto o PSDB de Alckmin, como parte desse governo, aplica Privatizações de parques estaduais e linhas do transporte ferroviário sem que seja ao menos questionado. Isso sem mencionar no fechamento de salas de aulas numa clara manobra para aplicar sua reoganização escolar (motivo pelo qual diversas escolas foram ocupadas por estudantes secundarista). O ato busca resgatar o sentimento da Jornada de Junho (2013) e colocar, dessa vez, a classe operária e os estudantes no mesmo campo contra o avanços das precarizações perpetradas pelo PSDB ao longo de 20 anos nos quais governou o Estado de São Paulo.

É necessário que lutemos todas as batalhas dessa mesma guerra e essa batalha, de Segunda Feira, às 17h no Largo da Batata, é tão importante quanto qualquer outra batalha contra o Golpista, Temer. Ainda há tempo para a adesão de sindicatos e movimentos sociais. A Luta é a mesma, então devemos lutar com forças iguais, todos juntos. Todos ao ato deste 13/06 no Largo da Batata -SP, às 17h.

Confira o o link do evento no facebook: https://mobile.facebook.com/events/1629169424075270




Tópicos relacionados

Alckmin   /    Juventude

Comentários

Comentar